Desemprego causa 20% dos suicídios no mundo

Pensamentos suicidas permeiam a mente dos desempregados


Por Andre Batista / Imagem: iStock

Um em cada cinco suicídios cometidos no mundo são motivados pelo desemprego. É o que revela estudo realizado pela Universidade de Zurique (Suíça). Os dados mostram que o desemprego gera depressão, o que impulsiona o suicídio.

Em entrevista concedida ao Brasil Notícias, o neurocientista Ari Brito explica que “quando a pessoa está sem perspectiva acaba ficando entristecida. Com o passar dos dias, isso pode ficar crônico”.

De acordo com ele, essa tristeza crônica é considerada depressão.

“A partir do momento que ela está em depressão porque está desempregada não vê perspectiva de futuro. Assim acaba, naturalmente, pensando em suicídio”, afirma Brito.

A pesquisa “Impactos do Desemprego: saúde, relacionamentos e estado emocional”, conduzida pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) foi feita com desempregados.

Os dados revelam que 59% deles se sentem deprimidos ou desanimados, sendo que 62% estão ou já estiveram angustiados pela falta de emprego.

Para os especialistas, o desemprego faz com que as pessoas percam as esperanças em um futuro melhor para elas. Daí o suicídio ser utilizado como válvula de escape.

A origem do desespero pelo desemprego

Evidentemente, estar desempregado é ruim. Entretanto, muitas pessoas, ao não conseguirem trabalho, permitem que pensamentos de derrota invadam sua mente.

“Os nossos pensamentos são responsáveis pelos nossos sentimentos e comportamentos”, explicou o Bispo Renato Cardoso durante o programa Inteligência e Fé. “Ou seja: o que eu penso eu acabo sentindo e eu acabo fazendo”.

Por isso é muito importante saber como os pensamentos são formados. O Bispo explica que a matéria-prima dos pensamentos são as informações.

“Tudo o que eu sei, toda informação que recebo se torna matéria-prima para os meus pensamentos”, informou ele. “Então, se a matéria-prima dos meus pensamentos é responsável pela qualidade, pelo tipo de pensamento que vou ter, logo a minha inteligência me diz que preciso vigiar que tipo de matéria-prima eu trago para dentro da minha cabeça”.

Daí a importância de vigiar as informações recebidas. Por exemplo: assistir aos noticiários que mostram que o desemprego segue crescendo não colabora para manter pensamentos saudáveis. Ao contrário, acreditar no sensacionalismo de que não existem esperanças levam à angústia, à depressão e ao suicídio.

Por outro lado: procurar meios de se aprimorar profissionalmente auxilia a renovar as forças na busca por um emprego.

O Bispo ainda ressalta que, aquele que crê em Deus, definitivamente não dá espaço para pensamentos negativos e se protege da depressão. Isso porque Deus acompanha e fortalece aqueles que se entregam a ele.

“Pare de se preocupar, pare de falar baboseira, pare de ouvir baboseira, pare de ficar buscando informações que tem zero valor para sua vida e, às vezes, valor negativo. Busque o que vai lhe ajudar”, orienta o Bispo. Portanto, se você quer realmente uma mente brilhante, uma fábrica de pensamentos eficazes, consuma a Palavra de Deus.

A Universal oferece apoio a quem precisa buscar Deus para vencer a depressão. Nesta sexta-feira, a partir do meio-dia, o Templo de Salomão sediará o Tratamento Para a Cura da Depressão.

Assista ao vídeo abaixo e veja como será a reunião:

O programa “Inteligência e Fé” é transmitido todos os dias pela Rádio Aleluia, a partir das 8h. Você também pode assistir às reprises clicando aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Desemprego causa 20% dos suicídios no mundo

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games