Sua fé está no “piloto automático”?

Saiba como é possível sair da zona de conforto espiritual, retornar para Deus e voltar à prática das primeiras Obras


Por Maiara Máximo / Fotos: Fotolia, Cedida e Demetrio Koch

O piloto automático é definido como um dispositivo que mantém a rota de um veículo sem a intervenção do piloto. Da mesma forma, existem pessoas que se deixam levar por uma situação e perdem o controle da sua própria vida.
Isso também pode ocorrer na área espiritual. Quantas pessoas dizem que estão firmes na fé, que frequentam a Igreja, oram, jejuam, participam das reuniões ou até mesmo são pastores, obreiros e evangelistas, mas agem com Deus de forma automática? Será que Ele se agrada disso?

Experiência
Quem passou por uma triste experiência foi o assistente operacional de importação e exportação Danilo Ignácio de Oliveira, de 28 anos (foto a dir.). Ele chegou à Universal em fevereiro de 2013 para participar de uma reunião da Força Jovem Universal (FJU) e logo passou a se envolver nos trabalhos realizados pelo grupo. Contudo ele foi deixando a área espiritual de lado. “Com tantas responsabilidades que tinha, parei de cuidar da minha vida espiritual e fui enfraquecendo. Eu já não tinha mais prazer de falar com Deus, já não O buscava como antes. Do mesmo jeito que cheguei na Igreja e mudei radicalmente, eu decidi que se fosse para eu ficar do jeito que estava, então era melhor que eu saísse.”

O fato de agir no “piloto automático” fez com que Danilo se afastasse de Deus. Da mesma forma, esse tem sido o motivo de muitos cristãos desanimarem na fé, explica o Bispo Odivan Pagnocelli, responsável pela Universal no Estado de Pernambuco. “Se a pessoa acorda cansada, já vê isso como desculpa para não ir à Igreja. Ou já faz algo há tanto a tempo que já decorou como fazer. E ainda há aqueles que dizem que fazem a mesma coisa todos os dias, então, por que vão se dar o trabalho de mudar? Estar no automático é simplesmente estar na zona de conforto.”

O Bispo ainda exemplifica: “no mundo atual podemos programar muitas coisas, como um forno automático, um computador, a televisão e o celular. É tudo perfeito na vida prática, mas na vida com Deus é impossível. Se não vivermos de fé em fé, é impossível agradar a Deus. Então é preciso avaliar a si mesmo”.

Danilo não havia feito essa avaliação. Então, suas atitudes o levaram a ficar fora da presença de Deus por quase dois anos. “Durante o tempo que estive afastado, mesmo fazendo coisas erradas, eu tinha saudades. Eu ficava em casa vendo as fotos do pessoal da Igreja e chorava, mas o orgulho falava mais alto e eu pensava: ‘se eu voltasse, o que as pessoas que me conheciam iriam pensar?’”, relembra.

Priorizar o espiritual
Certo dia, Danilo aceitou o convite de seu ex-cunhado e foi à Universal. “Quando o Pastor chamou à frente do Altar, fui e pedi perdão a Deus. A partir dali, comecei a fazer tudo diferente.”

Hoje, Danilo se mantém na fé, pois priorizou a área espiritual, diferentemente do que fez no passado. Ele aprendeu a dizer “não” para o excesso de tarefas solicitadas e, quando é preciso, sempre pede ajuda. “Não quero mais abraçar o mundo, mas fazer as coisas sem que elas atrapalhem a minha vida com Deus.”

Dizer “não” foi a forma que Danilo encontrou para se blindar do que poderia interferir na sua fé. Contudo o Bispo Odivan ressalta que também é possível sair do “piloto automático” com pensamentos simples. “Quando estiver indo à Igreja, pergunte-se: ‘por que estou indo à Igreja? Por que estou acostumado ou por que quero ouvir a Palavra de Deus e me alimentar dela? Quando você sair correndo para fazer algo que o Pastor lhe pedir, pare no caminho e se pergunte: para quem estou fazendo? Para que o Pastor me agradeça e me considere um bom servo ou para Deus que tudo vê? Se descobrir que tem feito tudo no automático, pare agora.”

Ele ressalta ainda a passagem bíblica que mostra como se volta à prática das primeiras Obras: “tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.” (Apocalipse, 2:4,5). “Ou seja, tudo que fizer na sua vida cristã ou na vida de servo faça crendo que é para a Glória de Deus, assim você jamais estará no automático.”

Dia do Reencontro

Se você reconhece que está nessa situação e deseja mudar, participe, no próximo domingo, 27 de janeiro, do Dia
do Reencontro com Deus em uma Universal ou no Templo de Salomão.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sua fé está no “piloto automático”?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games