“O meu marido quase não me ajuda com as despesas de casa”

No A Escola do Amor Responde desta semana, o professor Renato Cardoso esclarece a dúvida de uma aluna que está com problemas com o seu marido. Ela diz que ele quase não a ajuda financeiramente com as despesas de casa e que o salário dele nunca rende. Ela desconfia que ele possa estar gastando com outras coisas. Acompanhe as orientações que o palestrante deu a ela.


Por Camila Dantas / Foto: Fotolia

No A Escola do Amor Responde desta semana, o professor Renato Cardoso esclarece a dúvida de uma aluna que está com problemas com o seu marido. Ela diz que ele quase não a ajuda financeiramente com as despesas de casa e que o salário dele nunca rende. Ela desconfia que ele possa estar gastando com outras coisas. Acompanhe as orientações que o palestrante deu a ela.

Aluna – Estou casada há três anos. Meu marido recebe um salário de pouco mais de R$ 1 mil e me dá R$ 300 para as despesas da casa, o que não dá para quase nada. Quando o “coloco na parede” para saber o que ele está fazendo com o salário, pois o dinheiro dele acaba rapidamente, ele fica chateado e inventa desculpas. Uso o dinheiro que recebo do governo para bancar a casa. O problema é que sobra tudo para mim e essa situação está se tornando muito angustiante. O que devo fazer?

Renato – Aluna, você tem dois problemas: a questão do seu marido não revelar a você o que acontece com o dinheiro dele e o fato de vocês terem uma renda muito baixa e que não dá para suprir as necessidades de vocês. Eu não sei se você tem alguma desconfiança quanto ao que o seu marido faz com o resto do salário e não sabe com o que ele o usa ou se tem uma razão plausível para desconfiar que ele está fazendo alguma coisa errada com esse dinheiro.

Se for algo relacionado à última opção, é o momento de conversar com ele sobre esse comportamento e de mostrar que deseja ajudar, mas que vocês precisam estar unidos e que você não pode ser parceira de um desperdiçador.

Você é a esposa dele e, por isso, vocês têm que viver como casados e resolver tudo juntos. Casamento não é só morar junto e manter relações sexuais. É compartilhar a vida em absolutamente tudo: tanto nas coisas boas como nas ruins.

Você tem que falar com ele, mas sem brigar. Vocês precisam conversar sobre como e com o que ele está gastando o dinheiro. Vá conversar com um planejamento e com a visão de uma vida melhor. Deixe-o explicar o que está acontecendo e depois mostre a ele que não quer ficar na situação financeira em que estão para o resto da vida.

Pergunte a ele se ele quer que vocês tenham mais dinheiro e que cheguem ao fim do mês sem preocupações com as contas e mostre que quer ajudar. Se o seu marido tiver pelo menos um pouco de bom senso, ele vai ouvi-la e contar o que está acontecendo com o dinheiro e por que está fazendo isso. Ajude o seu marido a se abrir com você e a falar dos problemas para que possam resolvê-los juntos.

Outra coisa que você pode fazer é pensar como poderá ajudá-lo financeiramente, como melhorar a renda da casa ou de que maneira pode fazê-lo acreditar no potencial dele e ter um trabalho melhor. Se ele é uma pessoa muito negativa, que talvez não acredite em ter o próprio negócio, você provavelmente poderá ajudá-lo, já que deve ser uma mulher talentosa e corajosa – afinal, foi você quem mandou essa mensagem e expôs o problema.

Você pode encorajá-lo a mudar e usar essa mesma coragem para sair dessa situação financeira crítica. Qual é o seu talento e como você pode ajudar o seu marido? Talvez você possa usar seus dotes na cozinha, passar as roupas das vizinhas ou cuidar de uma criança. Busque uma maneira criativa de complementar a renda e resolver o problema, em vez de criar um novo problema para o relacionamento.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“O meu marido quase não me ajuda com as despesas de casa”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games