Homem em situação de rua almoça em restaurante fino


Por Jeane Vidal / Foto: Reprodução Facebook e cedidas

Um homem em situação de rua entra em um restaurante fino para almoçar e, rapidamente, um garçom se aproxima e pede para ele se retirar. Infelizmente, essa é a atitude mais comum que estamos acostumados a presenciar nos estabelecimentos comerciais, mesmo nos mais simples, não é mesmo?

Talvez, por isso a postura adotada pelos funcionários de um restaurante fino, localizado numa região nobre de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, tenha viralizado nas redes sociais e causado tanta admiração.

Todo ser humano  merece ser tratado com respeito e dignidade

Um homem maltrapilho entrou no local determinado a almoçar ali e fazia questão de pagar pela refeição, outro fato incomum. Mas o que chamou atenção mesmo foi o tratamento dispensado a ele por toda a equipe de funcionários do restaurante.

Surpreendentemente, ele foi atendido com a mesma educação e presteza destinados a qualquer outro cliente do local. A atitude desse proprietário do restaurante e sua equipe é um exemplo de respeito e amor ao próximo.  Pois, independentemente da condição social, todo ser humano merece ser tratado com dignidade.

Ação beneficia dezenas de pessoas

É por pensar assim também que os voluntários do projeto Anjos da Madrugada da Universal de Itaquera, bairro da zona leste da capital paulista, realizaram, recentemente, uma ação que beneficiou cerca de 60 pessoas em situação de rua.

A ação foi realizada na praça de eventos de Itaquera e contou com a participação de 35 voluntários. Eles ajudaram na distribuição de roupas e alimentos.  Na oportunidade foram distribuídos 60 marmitex.

Além do alimento físico foi levado, sobretudo, o alimento espiritual. O Pastor Bruno Barros Nardi, responsável pelo grupo de Evangelização do Bloco de Itaquera realizou a oração pela cura e libertação de todos.

Thiago é uma das pessoas beneficiadas pelo trabalho desenvolvido pelo grupo Anjos da madrugada. Ex-usuário de drogas, ele perdeu tudo – casa, trabalho, família – por causa do vício. Há duas semanas participando das ações do projeto, ele conta que já vê mudanças significativas na vida dele. Uma delas é reaproximação com a família.

Um trabalho gratificante

Para o voluntário Irwing Abad Augustowsky, de 35 anos, esse trabalho é muito gratificante. “Quanto mais próximos estamos dos necessitados, mais próximos de Deus estamos. Estou muito feliz em ver que, por meio do trabalho que temos feito, essas pessoas  têm mudado de vida”.

De acordo com o Pastor Bruno, 33 eventos como esse foram realizados simultaneamente, em diversos bairros, pelas outras Igrejas Universal que compõem o bloco de Itaquera.

Para saber mais sobre o trabalho social desenvolvido pela Universal no Brasil e no mundo, acesse aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Homem em situação de rua almoça em restaurante fino

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games