“Meu esposo me cobra demonstrações de carinho”


Por Camila Dantas / Foto: Fotolia

Aluna – Eu sou uma pessoa que não consegue demonstrar carinho fisicamente ao meu esposo, apesar de amá-lo e procurar viver dedicada ao meu casamento. Ele me cobra constantemente esse tipo de ação. O que fazer para conseguir ter esse tipo de atitude, já que ele tanto deseja e precisa?

Renato – Nós recentemente comentamos sobre as diferentes formas que as pessoas demonstram amor e também as diferentes formas que elas gostam de receber amor. Nem sempre o casal se encaixa nessas preferências, como é o caso de seu marido. Ele prefere receber amor através do carinho, do contato físico. Isso é comum a muitos, tanto homens quanto mulheres, mas em especial às mulheres. Elas preferem ou sentem desejo de ser tocadas, de sair de mãos dadas na rua e de receber um abraço inesperado.

Esse toque físico é o que muitos gostam, mas outros já não fazem questão. Não porque sejam pessoas frias, mas simplesmente porque preferem receber o amor de outra forma. Às vezes a preferência é receber amor com declarações. Sabe aquelas pessoas que fazem loucuras de amor? Alugam carro com balão ou avião com uma faixa com o nome da pessoa (risos). São pessoas que gostam de gritar para o mundo “olha como eu amo essa pessoa”. É a maneira delas expressarem o amor e às vezes estão casadas com pessoas que ficam totalmente constrangidas e não gostam desse tipo de demonstração de amor.

Então, aluna, nem sempre existe um encaixe nas preferências de como a pessoa quer receber amor e a demonstração dele. Como em qualquer coisa no relacionamento, em que há preferências diferentes, é preciso se adequar. Ou seja, você nunca será aquela pessoa que expressará naturalmente o carinho de forma física, mas também não precisa se resignar ao fato de que por alguma razão não aprendeu a demonstrar carinho ou por alguma razão nunca gostou disso. Você pode desenvolver e melhorar o que faz atualmente, em vez de dizer que não gosta ou que prefere demonstrar carinho de outra maneira.

Quando a pessoa não é carinhosa, ela se justifica dizendo que já demonstra amor de outras formas. Mas você, sabendo que ele prefere que você faça isso de forma física, pode aprender a desenvolver isso, como qualquer coisa que aprendemos. No início vai ser difícil, mas é como aprender a andar de bicicleta. No começo você vai cair e se arranhar, mas você vai aprendendo o que tem que ser feito e daqui a pouquinho vai saber dominar a bicicleta.

Ou seja, se o seu marido gosta de um beijo quando ele acorda ou quando você sai, gosta que se arrume para ele, que vá recebê-lo na porta quando ele chegar ou assista televisão com ele, então faça um esforço, aluna, um pouquinho só, e verá que não são coisas difíceis. Podem não ser atitudes muito naturais para você agora, mas colocando isso como prioridade vai entender que é bom para ele e que ainda terá o direito de pedir algo que a agrade. E aí os dois saem ganhando.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Meu esposo me cobra demonstrações de carinho”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games