Castigo: pai obriga sua filha a andar oito quilômetros

A punição ocorreu quando a temperatura era apenas 2ºC


Por Andre Batista / Imagem: iStock

Um vídeo publicado há cerca de uma semana no Facebook ganhou o mundo. Ele recebeu alguns elogios e muitas críticas. No filme, um pai obriga sua filha a andar oito quilômetros sob uma temperatura de apenas 2ºC. O caso aconteceu em Ohio (EUA).

Conforme narra Matt Cox, o pai e autor do vídeo, sua filha de apenas 10 anos de idade foi suspensa do transporte escolar por praticar bullying. A fim de castigá-la, o rapaz fez a menina caminhar de casa à escola, uma atividade física a qual ela não está acostumada. A temperatura extremamente baixa não o impediu de fazê-la “pagar pelos seus erros”.

Bullying é inaceitável em todo lugar e não será tolerado”, afirma Matt. “Ela também aprendeu muito sobre como palavras e ações podem machucar as pessoas”.

Pai que obriga sua filha a andar oito quilômetros é equilibrado?

É certo que o bullying deve ser combatido. Mas será que castigar fisicamente uma criança trará os resultados esperados?

O escritor Renato Cardoso, autor do livro “Casamento Blindado 2.0”, explica que a agressão física “tem mais chance de traumatizar a criança, prejudicar a criança do que ajudar”. De acordo com ele, esse tipo de punição “não é algo que pode ser encorajado. Isso porque nós sabemos que existem os excessos. As pessoas, infelizmente, não têm o controle, o domínio necessário na hora da raiva”.

Renato ressalta que, pelo mal comportamento dos filhos, “pode estar sendo revelado que você é uma pessoa temperamental. Uma pessoa nervosa. Uma pessoa impaciente. Que você é agressivo diante da situação. Que você não tem controle próprio. Que você grita na hora da raiva”.

Por conseguinte, no momento de cólera, muitas pessoas ultrapassam os limites do equilíbrio, isso em todas as situações. Inclusive na educação dos filhos. É nessa hora que o mal encontra espaço para agir e faz com que até mesmo pais amorosos machuquem seus filhos com as mais diferentes formas – desde palavras até obrigar uma criança a andar quilômetros em uma rua extremamente fria.

Como não cair na armadilha do mal

Para se manter equilibrado nos momentos em que o sentimento de raiva se apresenta é muito importante ter a orientação do Espírito Santo em todas as atitudes, especialmente na formação de novos seres humanos. Ele evita que os sentimentos controlem a pessoa, dando prioridade à razão.

A Bíblia afirma:

“Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.” 2 Timóteo 1:7

Com amor e moderação certamente serão encontradas maneiras de educar as crianças sem feri-las.

Assista ao vídeo abaixo e veja a instrução completa de Renato Cardoso e sua esposa Cristiane:

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Castigo: pai obriga sua filha a andar oito quilômetros

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games