“Todo problema na vida amorosa traz em si a solução”

Saiba como fazer dos conflitos uma oportunidade para a transformação do casamento


Por Ana Carolina Cury / Fotos: Arquivo Pessoal e Fotolia

Os problemas relacionados ao casamento podem levar o casal a dois caminhos: o do divórcio ou o da maturidade e, com ela, a realização. Tudo depende da forma como os desafios são encarados.

O apresentador e palestrante Renato Cardoso comenta que do mesmo modo que quando uma pessoa é picada por uma cobra precisa tomar a medicação feita com o próprio veneno do réptil, o mesmo deve acontecer com os conflitos no casamento. “Todo problema traz em si a solução, uma oportunidade de melhorar. É só você usar a inteligência para aproveitar o ‘veneno’ do problema e fazer dele o antídoto. Você precisa descobrir qual é a oportunidade que está disfarçada de problema.”

Ele exemplifica com um caso de traição: “se a traição aconteceu e você está disposto a restaurar seu casamento, você tem que se perguntar qual é a oportunidade que essa situação lhe traz. Talvez você descubra que faltava atenção e terá de aprender a dar isso ao parceiro; ou quem traiu pode perceber que tem uma falha de caráter e que precisa trabalhar para que isso nunca mais aconteça”.

A apresentadora e palestrante Cristiane Cardoso ressalta a importância de cada um olhar para dentro de si mesmo. “Quando eu e o Renato soubemos lidar com os problemas do nosso casamento, Deus pôde trabalhar naquilo que na verdade era o problema. No nosso caso eram os conflitos individuais. Com isso, nos tornamos pessoas bem melhores”, relata.

A oportunidade por trás do ciúme
Mariana de Gois Brito, de 25 anos, e Edmilson de Gois Brito, de 28 anos (foto a dir.), começaram a brigar por causa de ciúme da parte dela no primeiro mês de casamento. “Eu era muito impaciente. Estávamos no período de adaptação e cada vez que eu cobrava algo ele se afastava. Essa distância e frieza dele me traziam muita insegurança e as brigas eram constantes”, conta.

As discussões sem motivos tornaram os problemas maiores. “Quando nos dávamos conta, as ofensas já tinham acontecido e a mágoa estava instaurada entre nós. Passei a ter menos vontade de estar casado”, revela Edmilson.
Ele passou a consumir pornografia na internet, o que aumentou a insegurança de Mariana. “Quando vi que ele acessava esses sites brigamos feio e o traí. Não demorou muito para que eu descobrisse que ele tinha me traído também. Nessa época, contei o que tinha acontecido a uma amiga de infância e ela me disse para não desistir do casamento sem antes conhecer a Terapia do Amor. Eu o convidei e fomos juntos”, diz.

Graças às palestras, ela entendeu a raiz do seu ciúme. “Eu era muito insegura e aprendi a me valorizar. Entendi qual era o papel da esposa. Hoje confio nele e quando preciso falar de algo que não gostei o faço de forma sábia”.

Já Edmilson compreendeu que também precisava mudar. “Passei a ser mais companheiro e compreensivo. Hoje podemos dizer que o ciúme e as traições trouxeram oportunidades para salvarmos e melhorarmos nosso casamento”, completa.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Todo problema na vida amorosa traz em si a solução”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games