Cantora afirma: “Minha resposta para a depressão era a cocaína”

Entenda o que é a depressão e o único remédio capaz de curá-la


Por Andre Batista / Imagem: Reprodução Facebook @MelBOfficial

“Minha resposta para a depressão era a cocaína”. A declaração é da cantora Mel B, do grupo Spice Girls, que sofreu um acidente que a deixou com duas costelas partidas e ferimentos graves na mão direita, na última segunda-feira (10). Parte da imprensa britânica questionou de imediato se o acidente de Mel B estaria relacionado com o consumo de drogas e álcool.

Fonte próxima ao jornal The Sun afirma que a artista, de 43 anos, escorregou e cortou a mão numa moldura de vidro. E que ela estava sóbria, pois tem feito regularmente testes de despiste de drogas e álcool por causa da batalha que trava pela custódia da filha Madison, de sete anos.

Cantora com vida conturbada

Mel B ficou famosa aos 19 anos de idade ao entrar para o quinteto que se tornou um dos maiores influenciadores da juventude dos anos 1990. Músicas como “Wannabe” venderam milhões de cópias e enriqueceram as jovens, que não souberam lidar com a fama e, posteriormente, a decadência do grupo musicalmente.

O caso de Mel B é um dos mais complicados. Além de dizer que sua resposta para a depressão era a cocaína, a cantora também fez outras afirmações pesarosas em seu livro recém-lançado. Um exemplo é que ela tentou cometer o suicídio em 2014.

O ex-marido de Mel B, que está sendo acusado por ela de abuso, afirmou: “Ela estava festejando. Usou toneladas de cocaína em Londres e danificou seu corpo. Ela estava tomando remédios, cocaína e festejou por três ou quatro dias direto”.

Para a cantora, ver sua filha chorando no hospital após aquele incidente foi o pior momento de sua vida.

Resposta para a depressão era a cocaína, mas poderia ser outra

Mel B procurou a cura para sua depressão na cocaína. Um erro enorme. Até porque a própria cocaína causa depressão em seus usuários, além de todos os outros prejuízos. Para fugir de sua angústia a cantora “usava provavelmente cinco ou seis carreiras por dia”, como ela mesma afirma.

Mas ela não é a única a tentar fugir da depressão por um caminho errado. Muitos buscam respostas no álcool, na pornografia ou em outras drogas. Tudo inutilmente.

A ação do mal

É nesse momento de instabilidade espiritual que o mal ganha a oportunidade de entrar na vida das pessoas. Ali o diabo influencia a pessoa a buscar soluções onde elas não estão, como Mel B fez com a cocaína.

De acordo com o Bispo André Cajeu, em situações como essa apenas Deus é capaz de ajudar.

“Quando uma pessoa se afasta da luz ela se aproxima das trevas. Não tem outra opção, não tem neutralidade no mundo espiritual. Ou você está perto da luz ou você está perto das trevas”, explica o Bispo.

Por isso ele convoca todas as pessoas que se encontram nesta situação a participarem da Sessão do Descarrego nesta sexta-feira. No Templo de Salomão as reuniões acontecem às 10h, às 15h e às 20h.

“Todos podem ser livres, mas para isso é preciso tomar uma decisão. Venha à Sessão do Descarrego nesta sexta-feira”, afirma o Bispo. “Uma coisa é certa: o mal vai ser arrancado da sua vida. Nesta sexta-feira. Se você não pode vir ao Templo de Salomão, procure a Universal mais perto de você. E leve a peça de roupa branca para ser consagrada. Uma peça de roupa branca sua e de sua família”.

Assista ao vídeo abaixo, onde o Bispo André Cajeu apresenta vários testemunhos e explica mais sobre a libertação:

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cantora afirma: “Minha resposta para a depressão era a cocaína”

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games