Oficinas de artes desenvolvem habilidades de mulheres reclusas


Por Débora Picelli / Fotos: Cedidas pelo grupo UNP do Rio Grande do Sul

Entre os dias 17 e 28 de novembro último, 10 mulheres reclusas do Presídio Regional de Santa Maria, no estado do Rio Grande do Sul, participaram de oficinas de artes. A ação foi organizada pelo grupo Universal dos Presídios (UNP) com a finalidade de fazer com que elas desenvolvam suas habilidades e a criatividade. Além disso, elevem – também – a autoestima e as façam valorizar a vida por meio da arte.

Foram muitas horas de dedicação por parte de cada uma. Durante os encontros, as detentas aprenderam técnicas de introdução e história da arte; iniciação ao desenho e perspectiva. Além dessas, também foram abordadas as práticas de mistura de cores; pintura tendo como base frutas de verdade, com técnicas de “natureza morta”; pintura em telhas de barro e em tela.

Além de técnicas

Em cada encontro, algo diferente foi desenvolvido. Tanto que, durante a aula de pintura inspirada nas frutas – expostas para a atividade – as alunas puderam, posteriormente, saboreá-las. Na ocasião, algumas internas comentaram que não comiam abacaxi e manga  havia mais de 7 anos.

Como resultado, muitas lembraram de coisas simples – das quais estão privadas – e, principalmente, serviu de reflexão para que pensassem e valorizassem a sua liberdade.

Contudo, os ensinamentos mais valiosos foram praticados durante o início e fim de cada aula: uma oração. Em cada mensagem, elas renovaram a mente com a Palavra de Deus.

Luz no fim do túnel

Segundo o Pastor Venino Aragão, que também é artista plástico e responsável pelo grupo UNP no local, essa ação foi muito significativa, pois, todas essas mulheres que se encontram com sua liberdade provisoriamente interrompida tiveram a chance de perceber que existe uma luz no fim do túnel. “É uma oportunidade de se conhecer e melhorar como pessoa”, completou ele.

Com os ensinamentos transmitidos, elas demonstraram que querem ser novas pessoas. “Agradeço a Universal por essa oportunidade. E que possamos aproveitar para nos tornarmos pessoas melhores”, comentou a detenta D. C. B., de 34 anos.

Quer saber mais sobre as ações desenvolvidas pelo grupo? Então, acesse a página oficial da UNP no Facebook. Seja um voluntário. Localize aqui o endereço de uma Universal mais próxima de sua casa e se informe com um pastor.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Oficinas de artes desenvolvem habilidades de mulheres reclusas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games