A resposta a um grito de socorro

Projeto Help auxilia jovens a superarem seus principais conflitos


Por Camila Dantas / Fotos: Demetrio Koch e Cedida

Muitos jovens estão procurando socorro para vários problemas que acontecem na vida deles. A Força Jovem Universal (FJU) tem atendido a esse pedido por meio do Projeto Help.

Kaique Santos, de 19 anos (foto acima), foi um deles. Ele já conhecia o trabalho realizado pela FJU por frequentar a Universal, mas os problemas familiares que tinha fizeram com que ele desistisse de expressar sua fé. “Não estava mais indo à Igreja, me tornei gótico e logo entrei para o mundo do crime.”

A partir daí, ele começou a sofrer com problemas interiores. “Desenvolvi uma forte depressão e não conseguia mais dormir. Me tornei uma pessoa muito agressiva e vivia procurando alguma forma para acabar com todo aquele sofrimento.”

Então, Kaique começou a consumir drogas, mas elas não aliviavam sua dor. Em seguida, passou a se automutilar. “Os cortes eram o meu escape. Várias vezes me cortei com as unhas porque não tinha lâminas. Meus pais, diversas vezes, presenciaram minha mutilação diante do espelho.”

Com tantos sofrimentos, ele recorreu novamente à Força Jovem Universal. No grupo, encontrou o socorro de que precisava. “Eles acreditaram em mim, sempre estavam me chamando para voltar. Ali tive ajuda e incentivo.”

Ao retornar à Igreja e ter o seu encontro com Deus, ele quis transmitir o que havia recebido para outros jovens. “A cada dia eu ficava mais incomodado por saber que muitos jovens estavam na mesma situação em que eu estive. Queria alcançar o máximo deles e mostrar o que Deus fez na minha vida”, afirma.

Kaique decidiu entrar no Projeto Help. “O projeto foi apresentado a mim em uma vigília da Força Jovem Universal. Decidi participar, pois lembrava de muitos jovens com os quais eu conversava que também se automutilavam.”

O que é o Projeto Help?
Criado há aproximadamente um ano, o projeto conta com cerca de 4 mil voluntários em todo o Brasil. “O objetivo do trabalho é ajudar de forma eficaz os jovens com depressão, desejo de suicídio e que praticam a automutilação. Por meio do Help, muitos jovens têm se libertado de vários males silenciosos, descobrem o seu valor e aprendem a se relacionar e a lidar com os problemas”, destaca o Bispo Marcello Brayner, responsável pela FJU no País.

Ele fala que os voluntários usam as redes sociais para divulgar as ações periódicas do projeto. “Os jovens que precisam de ajuda podem ter esse apoio pelo número (11) 94814-0158 do WhatsApp e ser atendidos pessoalmente pelos voluntários nos locais onde há a FJU”, orienta.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A resposta a um grito de socorro

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games