Tocar instrumento evita prejuízos cognitivos na terceira idade

Curso de violão é oferecido gratuitamente pelo Grupo Calebe


Por Unicom

Existe idade para começar uma nova atividade ou um hobby? A turma da terceira idade está provando que não.

Os idosos estão fazendo aula de violão oferecidas gratuitamente pelo programa social Calebe – grupo que promove atividades para pessoas com mais de 60 anos. Cada participante recebe o material didático com cifras, dicas impressas e ‘violão comunitário’, cedidos para aqueles que não têm ainda o instrumento.

“No curso eles aprendem a realizar múltiplas tarefas, como ouvir o professor, dedilhar o violão e ler cifras. É trabalhado, também, a coordenação motora. O exercício de tocar deixa eles felizes quando conseguem concluir uma tarefa, como executar uma canção”, explica o professor e coordenador do Calebe-SP, Pastor Marcos Lopes.

Os estilos mais tocados são música popular brasileira e gospel. Segundo o professor, a turma está se preparando para se apresentar em ações sociais do grupo.

“Eles estão se preparando para tocar em eventos do Calebe e em casas de repouso. Mas o objetivo maior é que eles tenham momentos de lazer, descontração e uma oportunidade de interagir com outras pessoas da mesma idade”, declara o professor.

Como se inscrever

Quem quiser participar da próxima turma pode procurar informações na Central do Grupo Calebe, localizada na Rua Carlos Botelho, 427, no Brás, em São Paulo.

Além das aulas de violão, são oferecidos cursos de informática e tecnologias, onde são ensinadas funções básicas de um aparelho smartphone e o uso de aplicativos. Existem, ainda, atividades como artesanato, ginástica, passeios, dentre outros.

Benéfico para qualquer idade

Com a expectativa de vida crescendo cada dia mais, é importante que se aprenda novas atividades, leia mais livros e pratique exercícios físicos.

Após certa idade, é comum que as pessoas passem a perder certas habilidades, como memória e flexibilidade do pensamento.

Pesquisadores canadense, do Centro de Ciência Baycrest, em Ontário, constataram que aprender a tocar um instrumento afina o cérebro. A prática deixa ativa áreas do órgão relativas à audição e ao controle motor, evitando declínios destas funções com o avanço da idade.

 

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tocar instrumento evita prejuízos cognitivos na terceira idade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games