Jair Bolsonaro promete transferir embaixada brasileira para Jerusalém

A declaração foi dada em entrevista a um jornal israelense. Entenda


Por Redação / Foto: iStock

Em entrevista ao jornal israelense “Israel Hayom”, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou que transferirá a embaixada brasileira, que atualmente encontra-se em Tel Aviv, para Jerusalém.

A mudança de endereço da embaixada demonstra o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel. Para o presidente brasileiro, Israel tem o direito de decidir qual é sua capital. “Se os senhores decidirem qual é a sua capital, nós os seguiremos. Quando me perguntaram durante a campanha se transferiria a embaixada se fosse eleito presidente, respondi sim. Vocês decidem sobre a capital de Israel, não outros povos”, pontuou Bolsonaro.

Essa mudança segue os passos dos Estados Unidos, que anunciaram a transferência em dezembro do ano passado, e da Guatemala que também tem a mesma pretensão.

Bolsonaro já esteve no País em outras ocasiões e se declara como alguém que “ama o povo de Israel e o Estado de Israel”. O presidente, que assumirá a liderança do País a partir do dia 1° de janeiro de 2019, ainda garantiu uma relação de proximidade e cooperação. “Posso assegurar que incentivarei uma relação próxima e cooperação muito produtiva entre ambas as partes começando em 2019”, prometeu.

Embora a maioria dos países mantenha suas embaixadas em Tel Aviv, Israel considera Jerusalém sua capital. Os palestinos, no entanto, reivindicam Jerusalém Oriental como capital de seu futuro estado.

O presidente recém-eleito também apresentou uma postura rígida quando indagado sobre a embaixada da Palestina em Brasília. “Quanto à embaixada da Palestina, ela foi construída muito perto do palácio presidencial. Nenhuma embaixada pode estar tão perto do palácio presidencial, então pretendemos mudar. Não há outro caminho, na minha opinião. Fora isso, Palestina primeiro precisa ser um estado para ter direito de uma embaixada”, destacou ele.

Desde 2010, o Brasil reconhece a Palestina como País, quando o então presidente, Luís Inácio Lula da Silva enviou uma carta pessoal ao presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmud Abbas.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamim Netanyahu, felicitou a atitude do presidente eleito, por meio das redes sociais. “Felicito meu amigo, presidente brasileiro eleito, Jair Bolsonaro, por sua intenção de transferir a embaixada brasileira para Jerusalém. Este é um passo histórico, certo e emocionante!”, declarou.

Além disso, ele também manifestou sua intenção em comparecer à posse de Jair Bolsonaro, em 1° de janeiro de 2019. Com a atitude, ele se torna o primeiro premier israelense a visitar o Brasil. Para ele, a eleição de Bolsonaro vai alavancar uma grande amizade entre os dois países.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Jair Bolsonaro promete transferir embaixada brasileira para Jerusalém

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games