Largue a “moda da barriga”

Acabe com maus hábitos que podem prejudicar a sua saúde


Por Eduardo Prestes / Foto: Fotolia

Lembra quando você era criança e pulava, corria com facilidade e jogava bola com os amigos? Ou da fase da adolescência quando praticava esportes com frequência? Mas o tempo foi passando e você cresceu e assumiu responsabilidades. Tornou-se homem e, quando percebeu, muita coisa tinha mudado: trabalho, casamento, filhos e todas as incumbências da vida de todos nós. Você lida com elas da melhor maneira possível, mas deixou de lado o lazer e a saúde, que também são importantes. E, quando viu, lá estava ela, enorme e destacada: a sua barriga. Sem perceber, você acabou aderindo a essa moda.

Experiências desagradáveis
Com os amigos, você até brinca dizendo que “quem não tem barriga não tem experiência na vida”, mas cada vez que sobe uma escada é um verdadeiro tormento: suas pernas não têm força, o ar parece não chegar aos pulmões e o seu coração dispara. Caso não saiba, quanto mais o tempo passa e o volume abdominal aumenta, maior é o risco de enfarte para o homem. Também crescem as possibilidades de desenvolver outras doenças, como obesidade, diabetes e pressão alta. Entendeu como esse assunto é mais sério do que se imagina?

Terroristas
Por isso, se você está com a barriga grande, está mais do que na hora de mudar alguns hábitos que contribuíram para isso. Comece pela alimentação. Se cada almoço seu é um banquete, troque o prato cheio de arroz, massas e frituras, carregado de gorduras, por alimentos mais leves, como saladas, arroz integral e um frango grelhado, por exemplo. Se você não consegue mais carregar coisas pesadas como antes, está na hora de comer algo que combata os radicais livres – não pense que se trata de algum grupo terrorista. Estamos falando de moléculas instáveis presentes no organismo que dificultam a reparação de danos musculares. Por isso, coma brócolis e pimentão amarelo que oferecem vitaminas C e E, capazes de derrotar esses “terroristas”.

Baixas calorias
Outra medida é parar de tomar refrigerante e de ficar beliscando doces e salgados industrializados entre as refeições principais. Se for beliscar, prefira alimentos com pouco açúcar e sódio e ricos em proteínas. Coma, por exemplo, uma fatia de queijo branco ou beba um iogurte de baixa caloria. Eles mantêm o seu metabolismo trabalhando para queimar a gordura do corpo. Você também pode comer um pequeno punhado de nozes, amendoins ou amêndoas, que auxiliam na saciedade, possuem “gordura boa” e ainda mantêm a sua libido em dia. Gostou, não é mesmo?

Atividade
Além disso, é importante aliar essas mudanças na alimentação à prática de alguma atividade física. Você lembra qual foi a última vez que andou de bicicleta? Faz tempo, não é? Essa é uma boa maneira, junto com a caminhada, de voltar a se exercitar, mas comece devagar. Antes de fazer qualquer esforço, é melhor procurar orientação médica. Consulte um clínico-geral. É ele que vai encaminhá-lo para outros especialistas, como cardiologista e nutricionista, que podem avaliar qual é a sua real condição física e como você pode proceder para voltar às atividades esportivas e manter uma alimentação equilibrada. O melhor nisso tudo é que, sem perceber, você vai largar de vez a moda da barriga que, além de antiestética, só traz problemas à sua saúde.

Primeira imagem

O homem inteligente deve ser a imagem da disciplina. E, querendo ou não, seu corpo é responsável pela primeira impressão que os outros terão dele. Antes de abrir a boca, de mostrar sua competência no trabalho ou de deixar que conheçam sua personalidade, o cartão de apresentação do homem é sua forma física. Veja mais aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Largue a “moda da barriga”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games