Os motivos para ela ficar de cara amarrada

Como lidar com os problemas quando o que se quer é apenas fugir deles


Por Eduardo Prestes / Foto: Fotolia

Em um relacionamento entre homem e mulher nem tudo são flores e amores. Há também alguns desentendimentos e discussões. E essa falta de entendimento pode colocar o casamento em risco e levar o casal ao divórcio. Em muitos casos, o homem coloca a culpa das brigas na mulher, mas o grande detalhe é que, embora não admita, ele pode estar agindo errado e ser o responsável pelas desavenças.

Olhos fechados
Muitas vezes, quando esse homem encontra a esposa de cara amarrada, por exemplo, não quer tomar conhecimento do que está acontecendo e fecha os olhos para o problema. Se ela está “bicuda” e não fala com ele, o homem também fica quieto. Não quer saber se ela está assim por causa daquele grupo dele no WhatsApp de que ela não gosta porque só tem posts machistas; se foi porque chegou tarde no meio da semana, depois daquele futebol com os amigos; ou se ela está brava porque ele continua sendo amigo nas redes sociais daquela mulher que jogava um charme para ele quando ainda não era casado.

Monólogo
A verdade é que, independentemente do motivo, o homem não faz nada para resolver o problema – muito menos se a mulher se puser a falar sobre a questão. Nesse caso, ele desconversa e até dá um jeito de desaparecer do recinto em que está rolando o “monólogo”, pois só quem fala é a esposa. Ele não dá um pio. Quando concorda com o que está sendo dito, é apenas para que a conversa termine o mais rápido possível.

Atitude equivocada
Também existe aquele tipo de homem que sabe que pisou na bola e resolve levar a mulher para jantar ou viajar como uma forma de amenizar a situação e tentar se redimir. Ele acredita que tudo ficará bem depois disso, mas não toca no assunto que pode ter causado o mal-estar entre eles, tampouco pede desculpas à esposa.

Há ainda uma atitude masculina pior: o homem que não consegue argumentar e manda a esposa calar a boca. Se engana quem pensa que esse tipo de ação demonstre o que é ser homem de verdade. Quem age assim precisa reconhecer o seu erro e se corrigir.

Sem armadilhas
Isso não quer dizer que a esposa tem sempre razão, mas que o homem precisa aprender a dialogar com ela. Ele pode ter a sua posição e argumentar para defendê-la e também humildade para reconhecer quando estiver errado. Isso é difícil para o homem que é orgulhoso, mas não impossível. Ao tomar essa atitude, ele abrirá caminho para não cair em armadilhas que podem acabar com o seu casamento.

Solucionador
O homem, por natureza, é solucionador de problemas. Contudo, se foge dessa característica, as adversidades só tendem a aumentar. Se isso ocorre no dia a dia, no casamento, não é diferente. Por isso, o homem não pode se eximir das suas responsabilidades. Uma delas é conversar civilizadamente com a esposa sobre os problemas que estão acontecendo, sem fugir da conversa, sem ser grosseiro nem agressivo a ponto de mandá-la calar a boca. O homem precisa agir com razão e inteligência para melhorar o seu comportamento e consequentemente o seu casamento.

O que falta?

Parece que você está vivendo em um campo minado e que tem que tomar o máximo de cuidado com o que fala ou sugere à sua parceira? Por que ela explode do nada?
Isso é um sinal de que falta algo no relacionamento. Veja mais aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Os motivos para ela ficar de cara amarrada

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games