Muitos homens têm e muita gente percebe

Falar de mau cheiro nos pés pode parecer engraçado, mas o assunto é bem sério


Por Eduardo Prestes / Ilustração: Eder Santos

Vamos falar de um problema que atinge homens de todas as idades, desde adolescentes até os mais velhos. Trata-se de uma questão, na maioria das vezes, embaraçosa para muitos deles. Por isso, eles nem sempre querem falar desse tema. Embora muitos se sintam constrangidos em relação a ele, resolvemos abordá-lo para mostrar que há soluções fáceis e práticas para lidar com essa situação. Estamos falando do mau cheiro nos pés, popularmente conhecido como chulé.

Causas
Os médicos alertam que o mau cheiro pode ser causado por micoses. Muitas vezes elas estão localizadas no vão entre os dedos dos pés. É bastante frequente que, a partir da adolescência, os homens sejam mais afetados por esse tipo de problema. Isso ocorre porque muitos deles são mais desleixados em relação à limpeza pessoal do que as mulheres. Mas não há motivo para desespero e basta mudar os hábitos de higiene.

Lavagem adequada e pés secos
O primeiro passo pode parecer óbvio, mas, se adotado, já vai colocá-lo no caminho certo para liquidar o problema. Lave os pés com frequência e foque em limpar os espaços entre os dedos. Depois, enxugue-os bem para que a umidade não se transforme na condição ideal para o desenvolvimento de bactérias quando você for usar seus calçados. Para ter certeza que secou bem os pés, use papel higiênico, pois ele absorve a umidade entre os dedos melhor do que a toalha.

Calçado alternado
Depois de usar seus calçados, deixe-os expostos ao sol por um período. Além disso tirar toda a umidade deles não permite que se tornem um lar confortável para os micro-organismos que geram o chulé. Outra dica é alternar o uso dos calçados o máximo possível. Para o homem, essa mudança pode ser um pouco mais difícil, pois, se comparado à mulher, ele geralmente possui menos calçados. Mesmo assim, evite usar o mesmo tênis dois dias seguidos.

Meias repetidas
Lembre-se também de jamais utilizar a mesma meia por mais de 48 horas. Fuja das que são feitas de materiais sintéticos. Isso também vale para os calçados, pois o plástico e a borracha oferecem as condições ideais para a umidade e cria o ambiente perfeito para as bactérias e fungos criarem uma família que só tende a crescer.

Cheiro agradável
Você também pode usar sprays ou talcos para combater o mau cheiro. Além de ter um perfume agradável, eles ajudam a manter os pés secos. Muitas pessoas também substituem o talco por bicarbonato de sódio, que é bastante eficaz. Agora, se você transpira muito nos pés, tenha cuidado para não aplicar talco ou bicarbonato em demasia, pois eles poderão se transformar em uma pasta e isso não propiciará o efeito desejado.

Ajuda
Se você não quer passar por situações constrangedoras com as pessoas que estão próximas de você ou até mesmo com desconhecidos por conta do chulé, cuide de sua higiene pessoal. Não espere que a sua mãe ou a sua esposa tomem alguma medida por você, que uma delas coloque seu sapato para tomar um ar na varanda ou sequem os seus pés.

Também é importante esclarecer que o chulé pode ser causado por problemas fisiológicos e não só pela falta de higiene. Por isso, caso esteja em dúvida, não hesite em procurar ajuda de um dermatologista. Em situações mais graves, o médico pode até optar pelo uso de medicação.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Muitos homens têm e muita gente percebe

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games