Ela descobriu que a compulsão alimentar também era um vício

Determinada a mudar, Carolina decidiu ir à uma palestra do Tratamento para a Cura dos Vícios


Por Michele Roza / Foto: iStock

Peso na consciência, tristeza, angústia e depressão. A compulsão alimentar, geralmente associada ao estado emocional do indivíduo, causa não apenas essas sensações como ainda compromete a saúde física, colocando em risco a vida de uma pessoa.

A compulsão por si só leva a pessoa a ter pensamentos excessivos (obsessões) e comportamentos repetitivos. A pressão interna é praticamente irresistível a desejos muito fortes de realizar uma ação que, inicialmente, gera prazer, mas que depois provoca um imenso sentimento de culpa e mal-estar.

No caso da compulsão alimentar, o prazer e a culpa estão em comer grandes quantidades em pouco intervalo de tempo. A jovem Carolina Feitosa passou toda a sua infância e adolescência sofrendo com esse e outros transtornos.

Dietas, anorexia, bulimia e ansiolíticos

Desde os 10 anos, ela fazia dietas orientadas por médicos. Aos 12, sua mãe descobriu que ela estava sofrendo de anorexia, transtorno alimentar que leva a pessoa a ter uma visão distorcida de seu corpo e a ficar obsessiva com relação ao peso e aquilo que come. Vivia à base de ansiolítico para não engordar.

Aos 14 anos, Carolina começou a sofrer também com a bulimia, um dos distúrbios alimentares mais recorrentes e graves, marcado por compulsão seguido de métodos para evitar o ganho de peso, como o vômito induzido.

A jovem viveu sob estas condições até os 27 anos de idade. Era uma garota triste que se esforçava até para ir à escola. Passou por diversos médicos, de endocrinologistas a psicólogos, e por vários tratamentos com medicamentos, inclusive os de tarja preta.

Até que sua mãe, Eroilza Assis, ao assistir a um testemunho durante o programa “A Mente de um Viciado”, entendeu que a compulsão também era um vício e interveio pela saúde e vida de sua filha.

Carolina decidiu ir à uma palestra do Tratamento para a Cura dos Vícios, com o especialista Rogério Formigoni. Ela chegou determinada a mudar. Acompanhe os vídeos abaixo com a história e os testemunhos de Carolina e da mãe dela e veja o milagre que aconteceu na vida desta jovem.

 

O tratamento que mostra resultado pela fé

Milhares de pessoas, no Brasil e no mundo, buscam ajuda no Tratamento para a Cura dos Vícios – sem internações, sem medicamentos e sem custos. O Tratamento, por meio da fé, vem mostrando resultado na vida daqueles que acreditam e querem se libertar de todo e qualquer tipo de vício.

Se você não aceita mais o sofrimento de um familiar ou de um amigo, ou ainda deseja se libertar das drogas, as palestras acontecem todos os domingos, às 15h e 18h, na Avenida João Dias, 1.800, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo. Ou procure uma Universal mais próxima de você, clicando aqui, e se informe sobre outros locais do tratamento.

Para mais informações, você pode acessar agora mesmo o site www.viciotemcura.com e entrar em contato diretamente com a equipe do Tratamento pelo WhatsApp.

 

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ela descobriu que a compulsão alimentar também era um vício

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games