A família segundo o Seu criador

A sociedade discute muito a respeito do assunto, mas a definição está bem clara na Bíblia, como descreve o Bispo Edir Macedo em seu livro O Perfil da Família de Deus


Por Marcelo Rangel / Fotos: Fotolia e Divulgação

Antes de pertencermos a uma escola, um clube, uma igreja, um bairro, uma cidade, uma nação ou a um continente, pertencemos a uma família. É nela que aprendemos – ou deveríamos aprender – a seguir regras, a respeitar o próximo e a fazer parte de um mecanismo maior do qual somos uma peça importante.

É exatamente por isso que, quando uma família é destruída, todos, dentro e fora dela, perdem. Destrói-se a sociedade em sua raiz. Atualmente, a família parece estar à deriva, perdida mesmo. Além disso, existem os apelos modernos da tecnologia – cada familiar com o rosto enfiado num celular, laptop ou TV, sem conversar –, o consumismo exagerado e a devassidão da mídia ruim “educando” as crianças, cujos pais, embora de corpo presente, são ausentes na vida dos filhos.

Mesmo assim, Deus sempre procura edificar o ser humano por meio de sua família. Afinal, foi Ele quem a criou.

O padrão constituído por Deus
No livro O Perfil da Família de Deus, o Bispo Edir Macedo diz que, “embora a sociedade moderna discuta muito hoje em dia a questão da composição familiar, de acordo com a Bíblia aprendemos que a constituição básica da família é a que compõe pais e filhos. Avós, tios, primos, cunhados e outros entes podem ser acrescentados ou considerados. Mas estamos falando aqui da família cujo padrão é constituído de acordo com a Palavra de Deus”.

E o modo como os membros de uma família interagem é tão importante quanto a formação dela, esclarece o Bispo: “os filhos nunca devem ocupar o lugar da mãe ou do pai. Quando um dos cônjuges substitui o outro pelos filhos, é como se estivesse sepultando a si próprio com o seu matrimônio, pois não são os dois uma só carne?”, questiona.

O diabo pode atacar a família por meio da infidelidade, dos vícios, da pornografia, do desrespeito, das brigas, etc. Mas só pode fazer isso quando a família não tem a maior de todas as bases: “se o nosso coração estiver nos filhos, pais, irmãos, no marido, na mulher, ou em qualquer coisa deste mundo, quando os perdermos também perderemos a própria razão de viver; mas se o nosso coração estiver no Senhor Jesus, então estará seguro por toda a eternidade e nunca poderá ser abalado ou destruído”, cita o Bispo em um trecho do livro.

Com Deus como começo, meio e fim em tudo o que uma família faz e é, a própria sociedade só ganha, pois já começa do único modo certo.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A família segundo o Seu criador

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games