Sociedade Bíblica do Brasil visita o Templo de Salomão

Dirigentes da entidade escolheram o lugar para celebrar seus 70 anos


Por Flavia Francellino

O reverendo Assir Pereira, de 76 anos, é neto e filho de líderes evangélicos. Ele diz que faz parte da terceira geração da família que propaga a Palavra de Deus. “Meus netos fazem parte da quinta geração de presbiterianos”, contou. Há mais de 50 anos ele se tornou voluntário da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e há 30 anos participa da direção da entidade.

“Esse trabalho com a Sociedade Bíblica é minha inspiração”, disse o reverendo, que desde 2015 é diretor da SBB. Além de cristão, Assir também é pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil há 49 anos.

No dia 18 de setembro, ele esteve no Templo de Salomão acompanhado dos demais dirigentes da igreja. Eles conhecerem a réplica do Tabernáculo, o Memorial – museu repleto de símbolos históricos como a Bíblia Centenária, impressa em 1789 – e o Jardim das Oliveiras. Também entraram no Santuário do Templo. A visita teve início às 9 horas e foi conduzida pelo sacerdote Alexandre Nascimento. O Bispo Eduardo Bravo, responsável pelo trabalho interdenominacional da Universal, recepcionou os membros da SBB.

Em clima de comemoração
Em 10 de junho de 2018, a instituição celebrou 70 anos como organização brasileira, mantendo o propósito de dar a Bíblia à Pátria. Para marcar a data, diversas celebrações têm sido realizadas, como solenidades na Câmara dos Deputados, em Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais de diversas localidades do País. O Templo de Salomão foi um dos pontos escolhidos pela instituição para comemorar.

A SBB, que tem sede e parque gráfico no município de Barueri, na região metropolitana de São Paulo, é considerada “a maior e mais importante sociedade bíblica do mundo”, mencionou o reverendo, que também afirmou que, de cada quatro Bíblias distribuídas no mundo em 2015, uma delas foi no Brasil entregue pela SBB.

Assir também pontuou que a SBB não pertence a ele nem aos demais diretores, mas a todas as igrejas do Brasil. “À Universal, à Assembleia de Deus, aos presbiterianos, aos luteranos, aos batistas, enfim, a todos os evangélicos”, enfatizou.

Experiências
Erní Walter Seibert, de 65 anos, é diretor-executivo da instituição desde maio. Ele comentou que Deus sempre fez parte de sua vida. “Desde de que me conheço por gente, desde criancinha. Meus pais me conduziram à fé e a Bíblia faz parte da minha vida”, relatou. Ele trabalha na SBB desde 1991, mas começou como voluntário em 1976.
Seibert já esteve no Templo anteriormente, na cerimônia de inauguração do local, que ocorreu em 31 de julho de 2014. Ao fazer o Passeio pelo Jardim Bíblico, ele detalhou que “você conhece a Bíblia por meio dessa visita e você vê a história. Eu saberia descrever o Tabernáculo como está na Bíblia, mas entrar aqui, ver e conhecer é uma experiência única”. Seibert há 44 anos é pastor da Igreja Evangélica Luterana do Brasil.

Reviver a história
O coordenador de desenvolvimento institucional Gilvan dos Santos Lima, de 42 anos, também esteve presente. Para ele, “visitar o Jardim Bíblico é reviver a história da Bíblia. É um aprendizado e é também uma evangelização. É como se eu caminhasse pela Bíblia. Aqui, ela está materializada em seus pormenores.”

Já Mário Rost, gerente de desenvolvimento institucional e do Museu da Bíblia (que conta com mais de 25 mil itens em seu acervo), revelou que o que mais chamou sua atenção foi a excelência de todo o trabalho. “Fomos acolhidos com carinho. É impressionante o cuidado ao explicar a simbologia usada para a preparação do ambiente e a fidelidade desses detalhes em relação ao texto bíblico. Isso demonstra como as coisas de Deus podem e devem ser feitas, ou seja, com carinho e com excelência.”

Quanto à magnitude do Templo, o reverendo Assir comentou que “tudo o que vimos é um monumento à fé e ao que verdadeiramente cremos. Fico feliz por ele estar no Brasil e na cidade do meu coração, que é São Paulo. Revi aquilo que já tinha visto em Israel”. Ele também ressaltou que não guardará o aprendizado que obteve durante a visita para si. “Vou contá-lo na minha igreja.”

O Bispo Eduardo Bravo destacou que a Universal e a SBB tem o mesmo objetivo, que é “fazer a Palavra de Deus chegar a todas as pessoas”. O Bispo também declarou que foi uma honra muito grande receber os integrantes da Sociedade Bíblica do Brasil.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sociedade Bíblica do Brasil visita o Templo de Salomão

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games