Detentos do CDP de Caraguatatuba aprendem a fazer tapetes


Por Jeane Vidal / Fotos: cedidas

Há cerca de um ano e meio o grupo Universal nos Presídios (UNP) realiza o trabalho de evangelização dentro do Centro de Detenção Provisória de Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo.

A unidade abriga aproximadamente 1.450 internos, os quais são alcançados pelo trabalho realizado pelos voluntários que visitam o local quatro vezes por semana,  a fim de levar uma palavra de fé e orar por todos.

Mas não é só isso. Além do apoio espiritual e emocional a UNP também se preocupa em proporcionar aos detentos e seus familiares o bem-estar físico.

Foi pensando nisso, que o Pastor Antonio Marcos Barbosa, e sua esposa, Vania Barbosa, responsáveis pela UNP do bloco de São José dos Campos (do qual Caraguatatuba faz parte), tiveram a ideia de promover dentro da unidade o curso de Tapetes Medusa, cuja finalidade é gerar um meio de renda não só aos presos, mas também aos seus familiares.

De acordo com Vania, que, inclusive, se dispôs a dar pessoalmente o curso à primeira turma formada, inicialmente somente 8 detentos foram autorizados a participar, pois a ideia é formar monitores para que, futuramente, eles venham formar outras equipes.

“A finalidade é deixá-los como monitores para que deem andamento ao aprendizado, e voltarmos de vez em quando para ensinar novas técnicas, dando a possibilidade de eles desenvolverem suas habilidades sozinhos”, explica.

A iniciativa faz parte de um projeto idealizado pela UNP e que será apresentado ao Juiz reivindicando a redução de pena a todos os internos que concluírem o curso.

“Todos os agentes e diretores se interessaram pelo curso e eles estão com muita vontade de que a gente continue fazendo, para que tanto a família como os detentos tenham um meio de renda, pois a ideia é estender o curso também para os familiares”, destaca Vania.

Sobre o curso

Trata-se de um tipo de tapete muito fácil de fazer, porém, demanda bastante tempo, o que é um ponto positivo já que os mantêm ocupados por mais tempo.

O material usado nesse primeiro curso veio de doações, porém, para os próximos cursos os próprios familiares fornecerão. Depois de prontos os tapetes serão levados pelos familiares para vender. “É um meio de renda com retorno financeiro muito bom”, garante Vania.

Para saber mais sobre as ações que o grupo Universal nos Presídios realiza junto à população carcerária em todo o Brasil, acesse aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Detentos do CDP de Caraguatatuba aprendem a fazer tapetes

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games