Sozinha por opção ou por aversão aos homens?


Por Kelly Lopes / Foto: Fotolia

Um assunto bastante comum, mas não muito discutido, é a escolha de muitas mulheres de ficarem sozinhas, solteiras. Algumas preferem a solteirice a ter um companheiro ao seu lado.

Há ainda as que levantam a bandeira do celibato e o justificam com frases do tipo “não preciso de um homem para ser feliz”, “os homens são todos iguais”, “eles são todos farinha do mesmo saco”, “antes só do que mal acompanhada” e por aí vai.

Não que seja um problema querer permanecer solteira.Se a mulher for realmente feliz dessa forma, tudo bem. Entretanto muitos sentimentos podem estar camuflados dentro dessa mulher aparentemente tão bem resolvida.

A opção pela solteirice pode esconder marcas e traumas deixados por um passado de decepções amorosas. São mulheres que depois do término doloroso de relacionamentos que não deram certo se fecham para o amor, pois ficam com receio de sofrer novas desilusões. Dessa maneira, escolhem ficar sozinhas e acreditam que assim estarão protegidas.

O tempo
Além das mulheres que abraçam a solteirice permanente, existem aquelas que alegam que precisam de um tempo para curar as feridas do coração. É o caso da cantora Nicki Minaj, de 35 anos, nascida em Saint James, em Trinidad e Tobago, e naturalizada norte-americana. A rapper alegou recentemente, em uma entrevista, que desde os 15 anos está sozinha pela primeira vez. “Quando fiquei solteira, lembro de ter tido a sensação de poder fazer qualquer coisa, percebi que eu realmente poderia viver, respirar, andar e falar sem ter um namorado. Foi como um clique para mim.

Estou curtindo o momento. Estou em celibato. Quero ficar um ano sem namorar. Eu odeio os homens”, afirmou.
Os apresentadores e palestrantes Renato e Cristiane Cardoso comentaram esse fato no programa A Escola do Amor Responde. Para Cristiane, o sentimento negativo que a cantora tem dos homens mostra claramente que ela não está bem, o que acontece com muitas mulheres. “Se você é uma pessoa que tem ódio no seu coração, isso por si só demonstra que você é uma pessoa infeliz (…). Não dá para ser feliz e ter ódio”, pontuou.

Renato esclareceu que, depois de 20 anos de relacionamentos, em um mundo em que boa parte das pessoas defende que é preciso “ficar”, beijar, sair e dormir com o máximo de pessoas para adquirir experiência, o saldo de Nick é o ódio aos homens.

O apresentador deixa um recado para as mulheres que estão na mesma situação: “se a Nicki Minaj estivesse me ouvindo, eu lhe diria – e aproveito para orientar todas as Nickis – que ela precisa se curar dessas dores, dessas feridas internas, antes de entrar em outro relacionamento. Não é o tempo que cura. Se eu quebro um braço, não adianta ficar quietinho esperando que ele se cure, é preciso colocar o osso no lugar, ser medicado e somente depois disso o tempo vai ajudar”.

Cristiane completou dizendo que “não é o tempo que cura nem outra pessoa que vai curar, mesmo que ela seja a melhor pessoa do mundo. O ódio não curado vai destruir qualquer relacionamento, pois ele não é como uma semente morta. Ele dará seus frutos”.

Ouça o programa A Escola do Amor Responde pela Rede Aleluia. Saiba mais.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sozinha por opção ou por aversão aos homens?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



E-mail para Contato:

Telefone:

Endereço

Cep:

Free WordPress Themes, Free Android Games