Projeto social oferece ajuda a quem vive na prostituição

Projeto da Universal oferece ajuda espiritual a homens e mulheres que têm na prostituição o seu meio de sobrevivência. Saiba mais


Por Jeane Vidal / Fotos: cedidas

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU) o tráfico de pessoas para exploração sexual movimenta cerca de US$ 9 milhões em todo mundo.

No Brasil, um estudo da Fundação Mineira de Educação e Cultura (FUMEC), aponta que são cerca de 1,5 milhões, entre homens e mulheres, que tiram seu sustento da prostituição.  A pesquisa revela ainda que 28% das mulheres estão desempregadas e 55% veem na prostituição a oportunidade de contribuir com o aumento da renda familiar.

Diante desse quadro social, a Universal, por meio do grupo de Evangelização Brasil, criou o grupo  EVG Night. O objetivo é oferecer apoio espiritual, físico e social às garotas e aos garotos de programas.

De acordo com Alexandre Rodrigues, responsável pelo trabalho, a escolha do nome se deu por se tratar de um projeto desenvolvido à noite, todas as sextas-feiras, das 22h às 23h, em locais estratégicos, considerados pontos de prostituição.

Ele esclarece ainda que os mais de 2 mil voluntários atuam nos grandes centros urbanos, em becos e vielas, em busca dessas pessoas sofridas, angustiadas, desprezadas e que vivem às margens da sociedade, para lhes mostrar que, independentemente do que fazem, são amadas por Deus.

Ao serem abordadas pelos voluntários essas pessoas são presenteadas com um livro ou uma Bíblia e, havendo espaço para o diálogo, os voluntários explicam como é possível, por meio da fé, recomeçar de forma diferente.

Alexandre destaca que se tratam de pessoas em situação de vulnerabilidade social e que veem na prostituição a única alternativa de sobrevivência. “Devido às inúmeras situações de dificuldades que passaram, elas perderam a autoestima e, muitas vezes, até a vontade de viver. Por meio desse projeto, os voluntários mostram que vale a pena acreditar que Deus é capaz de transformar a vida delas”, acrescenta.

O grupo conta ainda com a parceria do Projeto Raabe, formado por voluntárias capacitadas, conselheiras espirituais, além de advogadas e assistentes sociais,  que prestam assistência espiritual e social às mulheres que carregam traumas provocados por abuso emocional, sexual ou físico, ou problemas das mais diversas origens que, de alguma forma, as impedem de serem livres, bem resolvidas e desfrutarem de relacionamentos saudáveis e satisfatórios.

Para saber mais  sobre as ações realizadas pela Universal no Brasil e no mundo, acesse aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Projeto social oferece ajuda a quem vive na prostituição

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games