Por que Jesus disse que é o “Caminho”, a “Verdade” e a “Vida”?

Entenda a relação dessa afirmação com a estrutura do Tabernáculo de Moisés


Por Daniel Cruz / Fotos: iStock, Demetrio Koch

Deus não é adorado por meio de imagens, mas Ele elaborou símbolos para que os seres humanos pudessem compreender melhor a Sua mensagem.

Quando observamos o Tabernáculo, construído para abrigar a Arca da Aliança – que é a representação do Altíssimo entre o Seu povo -, percebemos que toda aquela estrutura apontava para a vinda do Salvador, o Senhor Jesus, a este mundo.

Tanto o Pentateuco da Bíblia quanto os profetas – ou seja, basicamente o Antigo Testamento – fazem referências para o Sacrifício do Senhor Jesus na cruz e a nova aliança entre a humanidade e o Criador.

Leia também: Arca da Aliança retorna ao Templo de Salomão

Foi por esse motivo que o Senhor Jesus, quando esteve em forma de homem, observou:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim.” João 14.6

Para compreendermos o que Ele quis dizer, primeiro precisamos entender o que é o “Caminho”, a “Verdade” e a “Vida”.

O Caminho

Nos tempos de Moisés, antes de uma pessoa adentrar o Tabernáculo, havia uma porta que se chamava “Caminho”.

Ao adentrarmos essa porta – ou seja, ao sermos lavados pelo sacrifício do Senhor Jesus na cruz – deixamos o mundo de pecados para trás, para fora do Tabernáculo.

Após essa porta, encontramos o Altar de Bronze, onde no passado as pessoas deixavam uma oferta para o Criador. Ali, Ele nos ensina que a nossa natureza humana também deve morrer.

A Verdade

Então, depois de nos lavarmos, encontramos outra porta: a “Verdade”. O Senhor Jesus veio ao mundo para nos trazer a verdade. Para nos ensinar o verdadeiro caminho de adoração.

No Tabernáculo, após essa porta há outros símbolos que nos conectam ao Altíssimo e que faziam parte da rotina dos sacerdotes. Ali, deveria haver sinceridade e pureza espiritual.

A Vida

E, por último, havia uma terceira porta: a “Vida”. Essa porta era a entrada para o “Santo dos Santos”, dentro do Tabernáculo. Nesse lugar especial – que apenas o sumo sacerdote podia adentrar – habitava a Arca da Aliança.

Na Bíblia, também vemos que somente o Senhor Jesus pode conceder a fonte de água para a vida eterna (João 4.14).

Portanto, o Senhor Jesus esclarece com essa afirmação que apenas por meio dEle podemos adentrar o “Santo dos Santos” para nos tornarmos um santuário que O adora em espírito e em verdade (João 4.23). Por Ele alcançamos a plenitude do Reino dos Céus.

Novela Jesus

A novela Jesus, que é exibida pela Record TV, de segunda a sexta-feira, às 20h45, está retratando a belíssima história do Senhor Jesus na missão de salvar a humanidade da morte eterna. Ao longo do “Jejum de Daniel”, você pode acompanhar essa produção para compreender melhor o Texto Sagrado.

Você também pode visitar a réplica do Tabernáculo de Moisés na área externa do Templo de Salomão. Agende uma visita.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Por que Jesus disse que é o “Caminho”, a “Verdade” e a “Vida”?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games