Saiba se você está preparado para um novo casamento

Muitas pessoas ainda buscam mais uma chance para serem felizes no amor, mesmo após o divórcio



Por Por Ana Carolina Cury / Fotos:

Em 2017, o número de divórcios extrajudiciais no Brasil cresceu depois de três anos de queda, revela um levantamento feito pelo Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo (CNB-SP), entidade que congrega os cartórios paulistas. De acordo com o estudo, no ano passado, os tabelionatos de todo o País registraram 69.926 divórcios extrajudiciais, número 2,5% maior do que o de 2016, quando 68.232 divórcios foram consolidados.

Os motivos que levam um casal a se separar, segundo o advogado especialista em direito de família Luis Otávio Costa Neves, são muitos e, em sua maioria, banais. Ele afirma que a mudança na legislação e o desejo de se unir a alguém com a motivação errada são os grandes vilões para a felicidade a dois.

“O processo de divórcio, ao longo dos anos, se tornou algo muito tranquilo. Hoje em dia a pessoa não tem nem necessidade de declarar o motivo do divórcio. Antigamente, quando as pessoas queriam se divorciar, havia um período de reflexão. Outro ponto que observo é que as pessoas decidem se casar por motivos errados, como, por exemplo, fugir de um problema que enfrentam com os pais ou com a família. Elas acabam não refletindo quanto ao significado do casamento como instituição”, diz.

O que é permitido?

No audioestudo Divórcio e Recasamento à Luz da Bíblia, os palestrantes e apresentadores Renato e Cristiane Cardoso lembram que Deus odeia o divórcio, mas esclarecem que, em algumas situações, de acordo com as Sagradas Escrituras, ele é permitido. “São basicamente três situações, descritas na Bíblia, em que Deus permite o divórcio: quando há infidelidade de um dos cônjuges, quando há morte de um dos cônjuges ou se o marido ou esposa decidir não seguir mais a mesma fé cristã e afirmar não ter o desejo de se manter casado”, explica Renato.

Para os que estão passando ou já passaram pelo processo de separação e não sabem como recomeçar a vida amorosa, é preciso seguir um passo fundamental. No caso de cristãos, é imprescindível recomeçar seguindo a Palavra de Deus, pois muitos que estão nessa situação duvidam da possibilidade de recomeço. “Jesus revelou que a verdadeira raiz do divórcio está no coração das pessoas, na dureza do coração. Nesse momento, muitos se sentem culpados e aí surgem as dúvidas. Como cada caso é um caso é importante procurar o pastor da igreja para ser aconselhado”, diz o palestrante.

Como recomeçar

Alcides Senhorinho dos Santos, gerente de condomínio, de 63 anos (foto a dir.), foi casado por 33 anos e conta que lutou pela ex-esposa e pela mudança da situação do casamento por 15 anos. “Ela me tratava mal e me desprezava. Quanto mais o tempo passava, mais ela me ignorava e não queria mais saber do nosso casamento, até que decidimos nos separar.”

A psicóloga Viviane Silva explica que toda pessoa divorciada que deseja recomeçar deve aprender com os erros e reencontrar o amor-próprio. “Sem cura interior não é possível ingressar em uma nova relação. É preciso entender quais foram as atitudes que contribuíram para o término e trabalhar para mudá-las. Outro ponto importante que costumo sempre falar é ‘se eu não me amar, como poderei exigir amor do outro?’ O amor-próprio é a palavra de ordem para que as pessoas repensem a forma como se relacionam com o outro.”

Foi o que Alcides fez. Depois do divórcio, ele buscou as ferramentas certas para curar seus traumas e aprender com suas falhas. Nesse período, ele conheceu as palestras da Terapia do Amor e buscou ajuda nelas. “Comecei a cuidar de mim, do meu interior e, aos poucos, fui mudando. Tempos depois, quando já estava transformado, conheci minha atual esposa, Regina. Juntos, participamos das palestras. Nos casamos há um ano e hoje temos um relacionamento com base na Palavra de Deus”, completa.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Saiba se você está preparado para um novo casamento

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games