Centro Cultural Jerusalém completa uma década de existência

O lugar foi projetado para oferecer ao visitante o privilégio de conhecer a Terra Santa sem sair do Brasil

Por Por Jeane Vidal (*) / Fotos: cedidas

Inaugurado em maio de 2008, o Centro Cultural Jerusalém (CCJ), localizado na zona norte do Rio de Janeiro, tornou-se um importante ponto turístico da capital fluminense.

Criado com o objetivo de propagar a cultura de Israel no Brasil, o local abriga a maquete da Jerusalém do século 1 d.C., cuja planta foi trazida para o Rio de Janeiro diretamente da Cidade Santa.

A construção de 4 mil metros quadrados, divididos em dois andares (mezanino e térreo) envolveu profissionais do Brasil e de Israel, e levou cinco anos para ser concluída.

Eliane Junqueira, historiadora e gerente geral do CCJ, afirma que a intenção é propagar a história de Israel e do povo judeu. “O objetivo é perpetuar o conhecimento, mostrando a história dos hebreus, judeus e sua evolução”.

Ela explica que o público do CCJ é bem variado, desde turistas de todos os continentes que vão em busca de entretenimento a grupos de estudantes e de religiosos.

“Atendemos para turismo cultural, histórico e pedagógico, grupos escolares e universitários, pós-graduandos, mestrandos e doutorandos para Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), dissertações e teses em áreas envolvendo o CCJ. Recebemos também grupos de judeus, muçulmanos, católicos e diferentes denominações evangélicas. A procura é sempre diversificada”, esclarece.Além da maquete de 736m² que possui um sistema de iluminação que simula as fases do dia: o amanhecer, o dia, o entardecer e a madrugada, o CCJ ainda conta com:

Sala de leitura – Ampla e confortável, que abriga um rico patrimônio bibliográfico contendo literaturas histórica, teológica, filosófica, clássicos nacionais e até uma Bíblia em braille;

Souvenir – Uma loja onde os visitantes podem adquirir objetos próprios da cultura de Israel, como o mezuzah, o azeite produzido e embalado de forma artesanal, e até essências típicas como a mirra, aloés e bálsamo;

Cafeteria – Uma ótima opção com produtos naturais e confeitaria própria muito diversificada.

Espaço para eventos – O local é muito procurado para festas de casamentos, formaturas, aniversários e recepções em geral, pois reúne conforto, comodidade, segurança e beleza em um só lugar.

Teatro – Possui capacidade para 200 pessoas. Nele são realizadas cerimônias de casamento, palestras, workshop, eventos musicais, cursos de extensão, lançamento de livros, sessão de autógrafos, etc.

Batistério – Réplica de tanques de batismo como no rio Jordão que oferecem ao visitante uma opção cultural de batismo. “Qualquer pessoa que queira viver a experiência de se batizar na réplica do rio Jordão é só agendar e trazer o seu líder espiritual”, orienta a historiadora.

O cenário do CCJ já foi utilizado inclusive para festas temáticas e gravações de programas e novelas.

Mais de 600 mil pessoas já visitaram o Centro Cultural Jerusalém desde a sua inauguração. Atualmente são 2,5 mil visitas por mês, isso sem considerar o público dos eventos.

E se você ainda quer mais motivos para conhecer o CCJ, aqui está:“Aqui você consegue unir entretenimento, conhecimento e experimentar uma culinária peculiar como o sanduíche de pão sírio servido na cafeteria local”, diz Eliane.

Gostou? Então acesse agora o site oficial do Centro Cultural Jerusalém e obtenha todas as informações sobre agendamento, visitas monitoradas, horários e muito mais.

(*) Com informações da página oficial do CCJ

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Centro Cultural Jerusalém completa uma década de existência

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games