Por que Deus não livrou Daniel da cova?

Entenda a importância das adversidades para o crescimento da fé



Por Por Ana Carolina Cury / Foto: Fotolia

Um pensamento equivocado que muitas pessoas têm é de que, logo depois de se entregar a Deus, elas não enfrentarão lutas, provações e problemas. Muitos confundem viver a verdadeira fé com viver uma vida livre de desafios. Mas essa não é a promessa do Altíssimo para aqueles que decidem servi-Lo.

Você, certamente, já ouviu a história do profeta Daniel. Ele se destacou entre todos os funcionários do rei, mas o fato de ele adorar a Deus fez com que fosse perseguido. O rei havia emitido um decreto que determinava que o homem que orasse a qualquer deus seria atirado na cova dos leões.

“Quando Daniel soube que o decreto tinha sido publicado, foi para casa, para o seu quarto, no andar de cima, onde as janelas davam para Jerusalém e ali fez o que costumava fazer: três vezes por dia ele se ajoelhava e orava, agradecendo ao seu Deus. Então aqueles homens foram investigar e encontraram Daniel orando, pedindo ajuda a Deus.” (Daniel 6.10-11).

A fé permitiu que ele enfrentasse o desafio com coragem. Ele poderia se salvar, caso negasse o temor a Deus, mas foi fiel. Essa fidelidade o levou para a cova dos leões.

“Então o rei deu ordens, e eles trouxeram Daniel e o jogaram na cova dos leões. O rei, porém, disse a Daniel: ‘Que o seu Deus, a quem você serve continuamente, o livre!’ (…) Logo ao alvorecer, o rei se levantou e correu para a cova dos leões. Quando ia se aproximando da cova, chamou Daniel com voz que revelava aflição: ‘Daniel, servo do Deus vivo, será que o seu Deus, a quem você serve continuamente, pôde livrá-lo dos leões?’ Daniel respondeu: ‘Ó rei, vive para sempre!’”. (Daniel 6, 16 – 21).

Ao ver aquele milagre, o rei se alegrou e ordenou que todos os acusadores de Daniel fossem atirados na cova dos leões, com as suas mulheres e filhos. Lá eles foram atacados pelos leões.

O milagre dependedo sacrifício

Daniel só se salvou porque confiou em Deus até o fim, mesmo quando as circunstâncias mostravam uma realidade difícil. Ou seja, pensando nos dias atuais, é preciso ter posicionamento diante das situações do dia a dia e, sobretudo, crer que Deus está no controle, mesmo em meio às adversidades.

Você já parou para pensar que talvez Deus tenha permitido que Daniel passasse por isso não apenas para que Ele fosse glorificado mas também para que a fé dele fosse fortalecida? Ele não livrou Daniel da cova dos leões, mas livrou a pele de Daniel na cova, o livrou dos leões. E, além de tudo isso, Ele passou a ser respeitado pelo rei.

Deus não livra as pessoas dos problemas, das provações e dificuldades, mas Ele fortalece os indivíduos para que se possam enfrentá-las. Por isso, se você está passando por dificuldades, não pense que isso está acontecendo porque Ele o abandonou. Ao contrário: é nesse momento que você deve fortalecer a sua fé ainda mais.

Muitas vezes, Deus permite que as pessoas enfrentem alguns problemas para ver como elas se comportam. Para observar se elas se mantêm firmes diante das dificuldades. “Quem pensa que seguir e servir o Senhor Jesus é estar livre dos problemas, esqueça. Quem pensa que estar cheio do Espírito da paz é estar livre de problemas, também esqueça. A paz do Espírito Santo é no interior, nunca no exterior. Por maiores que sejam as bênçãos espirituais ou materiais, os problemas sempre existirão. Fazem parte da vida com Deus ou sem Deus. Não há sossego de problemas aqui na Terra. Uma coisa é certa: Deus nos tem dado ferramentas capazes de sobrepujar todo e qualquer problema. Gloriemo-nos nisso!”, afirma o Bispo Edir Macedo em seu blog.

O segredo para permanecer

Para o verdadeiro cristão, as provações devem ser motivo de alegria. É nesses momentos que se pode mostrar ao Autor da Vida que a fidelidade não existe apenas nos momentos bons e que nada desse mundo pode afastá-lo do Seu amor.

Todos passam por dificuldades, seja no trabalho, seja no casamento, na família ou na vida financeira. E não importa se são problemas ou tentações, mas sim como você reage frente a essas situações. “Isso significa a materialização da fé sobrenatural. São os desertos que amadurecem e preparam os servos de Deus. Se Jesus teve de ser levado ao deserto pelo Espírito Santo, para ser preparado, como nós haveremos de evitá-lo? A fé não é ferramenta apenas de conquistas gloriosas, mas também de defesa”, acrescenta o Bispo.

O Bispo Macedo indica qual é o segredo para permanecer firme diante das tribulações: “Duas palavras com sentidos semelhantes, mas com enorme diferença. Uma coisa é ter fé para casar, por exemplo. Difícil é seguir com ela para manter o casamento. É aí que entra a confiança. A confiança é a continuidade da fé. Quanto maior é o cultivo da fé, maior será a confiança.”

Confie e coloque em prática essa fé que você tem aprendido e, dessa forma, os problemas se tornarão pequenos. Assim como Daniel venceu a cova dos leões, você superará todo e qualquer obstáculo que estiver em seu caminho. Acredite!

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Por que Deus não livrou Daniel da cova?

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games