A importância do sono de qualidade

Por Por Rafaella Rizzo / Fotos: iStock

Com o objetivo de ter mais tempo para estudar ou trabalhar, muitas pessoas sacrificam suas noites de sono. Mas, ao contrário do que pensam, elas não estão colhendo benefícios. Uma pesquisa, com a participação da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), mostrou que estudantes tinham melhor desempenho em tarefas que exigem controle dos movimentos do corpo às segundas-feiras, depois de descansar mais durante o final de semana.

Alunos do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais usaram um relógio de pulso para medir a atividade física e distinguir os períodos de sono, repouso, vigília e atividade. Eles também responderam a questionários e passaram por vários testes.

“Acredita-se que as obrigações sociais reduzem os períodos de sono, o que pode levar a problemas de atenção e concentração, além de mudanças abruptas nos horários de dormir e sonolência”, disse Guilherme Umemura, que integrou a pesquisa, em entrevista ao Jornal da USP.

A explicação para os sintomas é que as áreas do cérebro mais sensíveis à privação do sono são as responsáveis pela cognição e pela integração sensorial.

De acordo com Fábio Porto, neurologista do Hospital das Clínicas, o organismo pode ter outra série de malefícios pela falta de sono. “O descanso é fundamental para se ter energia, motivação, conseguir se concentrar, aprender, regular os hormônios e outras funções vitais”, diz.

O especialista acrescenta que a falta de sono de qualidade constante pode resultar em doenças como diabetes, pressão alta, problemas na memória, depressão, ansiedade e excesso de peso.

Higiene do sono

Todos nós já ouvimos que o correto é dormir 8 horas por noite. Mas Porto desmente a ideia e afirma que o tempo ideal de descanso varia de pessoa para pessoa. “Em média um adulto jovem tem que dormir de 6 a 9 horas e conforme envelhece esse tempo diminui. Mas a quantidade de horas não é o mais importante, mas a qualidade. O sono tem de ser reparador e há pessoas que dormem 5 horas, mas ficam dispostas”, conclui.

O neurologista enumera uma série de dicas de como você pode ter um sono de qualidade. Veja abaixo:

– Crie a rotina de ir para a cama e acordar no mesmo horário;

– Deixe o quarto escuro, com uma temperatura agradável e cama confortável;

– Evite bebidas com cafeína e refrigerante de cola depois das 18h;

– Evite o uso de TV e celular na hora de dormir. Este último emite a luz azul, que quando chega ao olho, manda a informação para o cérebro de que é dia e ele para de produzir o hormônio que faz dormir.

E quando o problema é espiritual?

Há pessoas que mesmo com todos os cuidados não conseguem dormir, ficando atormentadas, tensas e oprimidas durante a noite. De acordo com o Bispo Edir Macedo, esses casos podem significar a presença de um espírito maligno em sua vida. “Os espíritos alojados em suas mentes fazem com que não tenham sossego, mesmo durante a noite. A pessoa pode até estar muito cansada, mas o sono não aparece. Os espíritos têm prazer em nos ver torturados pelo sofrimento, aflitos, angustiados”, afirma o Bispo no livro “Orixás, Caboclos e Guias: deuses ou demônios?”.

Em seus mais de 50 anos de ministério, o Bispo identificou uma série de “sintomas” que revelam a presença de um mal espiritual na vida de alguém:

1 – Nervosismo

2 – Dores de cabeça constantes

3 – Insônia

4 – Medo

5 – Desmaios ou ataques

6 – Desejo de suicídio

7 – Doenças que os médicos não descobrem as causas

8 – Visões de vultos ou audição de vozes

9 – Vícios

10 – Depressão

Se você sofre com um ou mais deles e quer ser livre, participe da reunião de libertação que acontece às sextas-feiras em toda a Universal. Encontre o endereço do templo mais próximo de sua casa clicando aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A importância do sono de qualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000

Free WordPress Themes, Free Android Games