“Salvamos vidas com a nossa vida”

Só no início de junho, voluntários do Grupo da Saúde mobilizaram mais de 4,2 mil doadores de sangue em todo o País



Por Por Flavia Francellino / Fotos: Cedidas

Voluntários do Grupo da Saúde, que presta auxílio espiritual a pacientes, familiares, visitantes e profissionais da área, dedicaram-se a doar sangue, de norte a sul do País, no último dia 2 de junho. Ao todo, hemocentros e hospitais de Estados como Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Rondônia, Rio Grande do Sul, Paraíba, Piauí, Mato Grosso, entre outros, receberam mais de 4,2 mil integrantes do grupo (só em São Paulo foram 1.060). Mais de 1.700 litros foram coletados.

O grupo já havia incentivado a doação de sangue em fevereiro e, na ocasião, reuniu mais de 3 mil doadores. “Isso em um período em que muitas pessoas ficaram impedidas de doar sangue, em razão da imunização contra a febre amarela”, contou Eduardo Ribeiro, coordenador-geral do grupo.

Ele explica que a baixa no estoque foi o que impulsionou a nova mobilização. “Sangue é vida. Estamos combatendo a escassez nos bancos de sangue que, além de cancelar cirurgias, impede o socorro a tantos necessitados”, completou.

A assistente fiscal Nataly da Silva Rosa, de 23 anos (foto a dir.), foi uma das doadoras. “É maravilhoso saber que estamos ajudando. Salvamos vidas com a nossa vida,” conta Nataly, que é voluntária do grupo há dois meses.

Para ela, a experiência rendeu ensinamentos. “Não sabia que a mulher pode fazer doações a cada três meses e que cada bolsa de sangue pode ajudar até quatro vidas. É importante que todos estejam bem informados, pois a doação é algo que beneficia a todos.”

Importância

De acordo com um relatório divulgado pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que é braço da Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2015, 44,17% dos doadores da América Latina e Caribe foram voluntários (aqueles classificados como os que doam porque se dispõem naturalmente e não por necessidade).

No mesmo período, o Brasil registrou 61,25% de doações voluntárias e 38,75% de reposição – que são aquelas motivadas por vínculos afetivos. Apenas 1,8% da população brasileira é de doadores, porcentagem que foge da meta de 3% da população doadora preconizada pela OMS.

Para o coordenador, os números reiteram a importância da iniciativa do grupo. “Promovemos doações de sangue em massa por amor ao próximo, em favor de pessoas que nem conhecemos. E, certamente, essa atitude incentiva cada vez mais os agentes do bem-estar (integrantes do grupo) e a sociedade em geral para a prática desse ato.”

Por se tratar de uma iniciativa do Grupo da Saúde, o compromisso é ainda maior. “Essa não é uma causa só nossa. Incentivamos todos a praticarem esse gesto de solidariedade, pois o benefício não é para um grupo específico, mas para todos. Todos podem precisar de sangue um dia.”

Vale frisar que o grupo também promove a conscientização da doação constante. Prova disso é que a mobilização não para. Novos voluntários e doadores já estão sendo convocados para o próximo dia de doações: 29 de junho. Participe você também.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Salvamos vidas com a nossa vida”

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games