As consequências de carregar traumas de relacionamentos passados

Saiba o que Daiane fez para superar as decepções e os traumas do passado e como ela voltou a acreditar no amor

Por Por Ana Carolina Cury / Foto: Cedida

As experiências negativas vividas em um relacionamento a dois podem deixar marcas que, se não forem superadas, trazem sérias consequências aos parceiros. A decepção de não viver o que era esperado e outros desafios da vida amorosa fazem com que muitas pessoas desenvolvam um padrão de comportamento inadequado. Daiane Santos Almeida Pereira, autônoma, de 19 anos, vivenciou muitas dessas experiências com o ex-namorado. “Conheci-o em 2014. Depois de um tempo de namoro, fomos morar juntos, mas não demorou muito para ele, que me tratava muito bem, passar a demonstrar o quanto era possessivo. Ele me proibiu de estudar, de ter amigos e chegou ao ponto de não deixar eu sair mais de casa”, conta.

Em meio ao relacionamento obsessivo com o ex-namorado, Daiane desenvolveu depressão e desejo de suicídio. “Se eu olhasse pela janela, ele já desconfiava que eu estava olhando para algum homem. As constantes ameaças de morte me faziam ter medo de sair daquele ciclo vicioso, mas, em 2016, tomei coragem e decidi botar um ponto final em tudo”.

Mesmo após o término do namoro, a jovem carregou com ela muitas marcas. “Resolvi fechar-me para o amor. Não acreditava mais que poderia existir a possibilidade de eu encontrar a felicidade nessa área da vida, então, não conversava com homens, achava que eram todos iguais. Além disso, tornei-me uma mulher muito nervosa”, acrescenta.

Cura interior

Uma amiga, acompanhando a situação de Daiane, aconselhou que procurasse ajuda para que superasse os traumas e voltasse a acreditar no amor. Foi quando a amiga convidou-a para conhecer a Terapia do Amor. “Aceitei ir porque quando soube da palestra despertou dentro de mim uma esperança. Chegando na Terapia, gostei muito do que encontrei. Aos poucos, entendi a necessidade de me curar de todos os traumas para que, primeiramente, eu ficasse bem comigo mesma”.

Tempos depois, ela conheceu Maurício Pereira Santos, autônomo, de 39 anos, que também participava da Terapia do Amor. “Conversamos por um tempo. Eu já frequentava as palestras e vi na Daiane uma mulher séria, temente a Deus. Em 2017, pedi-a em namoro e, meses depois, noivamos”, diz o autônomo.

Eles se casaram no dia 12 de outubro de 2017, na Celebração dos Casamentos da Universal, em Palmas, Tocantins. “Foi maravilhoso receber a benção de Deus e ver que eu estava curada dos traumas do passado, pronta para viver um casamento verdadeiro. Assim tem sido. Seguimos firmes na Terapia do Amor. Estamos muito felizes”, conclui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

As consequências de carregar traumas de relacionamentos passados

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games