As datas de “comemoração” para o comércio

Entenda como aproveitar melhor os dias especiais para alavancar os negócios ou ganhar uma renda extra

Por Por Eduardo Prestes/ Fotos: Fotolia

O empreendedor, seja de pequeno, médio ou grande porte, sempre deve buscar formas de alavancar os seus negócios para fazer o seu empreendimento prosperar. Uma prática comum é aproveitar eventos importantes para o comércio. Se antes datas como Dia das Mães e dos Pais, Natal, Páscoa e Dia das Crianças já eram utilizadas pelos empresários para atrair os consumidores, hoje, até a recente e famosa Black Friday não pode ser descartada. A Folha Universal conversou com Adriano Campos, de 36 anos, especialista em psicologia da comunicação e um dos consultores de marketing do Sebrae/SP, para saber um pouco mais dessa prática. Veja a entrevista a seguir.

Folha Universal – As datas comemorativas são oportunidades para alavancar os negócios?

Adriano Campos – São sim. São momentos ao longo do ano em que o consumidor está mais emotivo e predisposto a comprar. Isso, por si só, já é um fator positivo para as empresas. De maneira geral, todos os tipos de segmento podem tentar se aproveitar e, dependendo da estratégia da empresa, fazer o mínimo de ações possíveis para reforçar e relacionar a sua marca àquele momento específico.

Folha Universal – Existe uma estratégia?

Campos – O primeiro passo é pegar um calendário e relacionar todas as datas que são mais relevantes. Depois, ver quais delas têm maior significado para o público que a empresa atende e quais delas têm os valores relacionados ao seu negócio. Com estratégia, você desenvolve um leque de possibilidades para planejar ações promocionais para se comunicar com o seu público em datas comemorativas.

Folha Universal – Entramos no mês das mães e das noivas, logo será o Dia dos Namorados. São exemplos que podem ser usados a favor do negócio?

Campos – Sim. Para nós, brasileiros, o Dia das Mães é uma das datas mais fortes para o comércio. Essa relação com a mãe também é um ótimo momento para lembrar de valores para as empresas e fazer a sua marca ser lembrada.

Folha Universal – Buscar inspiração no mercado e na concorrência pode auxiliar no planejamento?

Campos – Sim, porque é essencial fazer coisas diferentes para poder se inspirar. É importante monitorar o concorrente e não precisa ser necessariamente um concorrente direto. Pode ser uma ação promocional muito bem-feita que pode inspirar você. Além disso, é uma obrigação avaliar o que o mercado e a concorrência estão fazendo para ficar à altura deles.

Folha Universal – Com quanto tempo de antecedência o planejamento deve ser feito?

Campos – Não há um padrão, mas, dependendo da importância da data, há empresas que começam a se planejar muito antes. Empresas de comércio eletrônico, por exemplo, se preparam, no mínimo, com um semestre de antecedência para a Black Friday. Nós, brasileiros, não somos muito de planejar, mas quem é pequeno empreendedor, dependendo da importância da data, tem que se preparar com dois meses de antecedência. Com um mês, pode ficar até em cima, mas tem que haver um planejamento, não há dúvida. Se você já teve um planejamento que foi realizado anteriormente, pode retomá-lo. É uma maneira de resgatar um registro histórico e aproveitar uma experiência que foi bem-sucedida e ainda economizar.

Folha Universal – Para quem trabalha com a venda de bolos ou confecção de roupas, por exemplo, como se preparar em relação à matéria-prima?

Campos – No caso dos alimentos, o cheiro e a cor da embalagem, a questão sensorial, afetam muito e isso também deve ser levado em consideração, pois chama atenção do público. Mas é importante primeiro saber o que está na moda no mercado naquele momento e se todos os ingredientes e materiais estão disponíveis naquela época do ano. Afinal, quem vai querer decepcionar um cliente com a falta de algo que ele deseja para si ou para dar de presente?

Folha Universal – A internet pode ser uma aliada?

Campos – Sim, pois ela alcança grandes públicos com um custo muito baixo e permite que a pessoa use a própria criatividade com poucos recursos. Se a pessoa vende bolos, pode tirar fotos das várias etapas para que os consumidores acompanhem o processo de confecção ou mostrar a massa sendo feita, o bolo saindo do forno, etc. Pode ser algo feito até de uma forma amadora e são ações que valem a pena. Até porque, muitas vezes, é o único recurso de comunicação que as pessoas têm e não deixa de ser uma maneira de o empresário mostrar que está ativo no ramo.

Folha Universal – Que outros conselhos você deixa ao nosso leitor?

Campos – Para o pequeno empresário: comece. Muitos acham muito complicado começar de alguma maneira. Mas não basta apenas agir, é preciso monitorar o que você fez. Qual o resultado daquela ação em relação à data comemorativa? Se você recebeu mais telefonemas é preciso saber a que se deve isso. Nem sempre os resultados se traduzem em vendas. A presença da sua marca pode ter aumentado e ela pode ter ficado mais conhecida. É preciso avaliar e monitorar sempre para estabelecer estratégias futuras. Estamos no início de 2018 e ainda dá tempo das pessoas se estruturarem. Este é um ano bastante diferente. Estamos próximos da Copa Mundo, há as férias em julho e as eleições. Nunca é tempo perdido para começar e motivos não faltam.

Vida financeira

Quer aprender a enfrentar as dificuldades do mercado de trabalho e se tornar uma pessoa vencedora? Então, não perca o Congresso Para o Sucesso, que acontece às segundas-feiras, no Templo de Salomão. Para encontrar uma Universal mais próxima de você, acesse www.universal.org/enderecos.

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center, clicando aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

As datas de “comemoração” para o comércio

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games