Indianos criam o “Clube do Choro”

Será que se reunir para chorar é eficiente no combate aos problemas?



Por Por Andre Batista / Imagem: Reprodução R7

O melhor remédio para acabar com a tristeza é se reunir a outras pessoas tristes para ouvirem músicas melancólicas e chorarem juntos, correto? De acordo com o terapeuta indiano Kamlesh Masalawala sim. E por isso ele criou o Clube do Choro.

A instituição está localizada na cidade de Surate, oeste indiano. Nela as pessoas se reúnem para ouvir músicas emotivas, falar sobre suas dores e, principalmente, chorar.

“O clube é apenas um pequeno esforço para ajudar a explorarmos o lado emocional de nossas personalidades”, declarou Masalawala à imprensa local.

Mas essa terapia é eficiente?

Quem chora sem machucados físicos sofre com uma dor espiritual, portanto precisa de tratamento espiritual, e a única ferramenta capaz de vencer qualquer tristeza ou obstáculo é a fé.

“Só a fé agrada ao Deus Altíssimo. Ele não se deixa iludir com os apelos de um coração emotivo”, explica o Bispo Edir Macedo, em seu blog. “A verdadeira fé, a fé inteligente não chora, não lamenta nem se emociona.”

É natural ao homem, um ser falho, render-se às lágrimas em alguma situação. Mas é necessário saber que elas não resolvem problemas. O que realmente tem poder de mudar a realidade é a atitude. Agir, em vez de chorar.

“Para ver a fé realizar maravilhas, os que creem são obrigados a agir, tomar atitudes de coragem que, aos olhos do mundo, são loucuras”, conclui o Bispo.

Se você está cansado de chorar e quer começar a resolver os problemas, acesse agora mesmo o Pastor Online. Ali encontrará a orientação necessária para aprender a utilizar a fé, a fim de combater não somente a tristeza, mas mudar completamente a sua vida.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Indianos criam o “Clube do Choro”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games