Para ela, restava só uma semana de vida

Familiares e amigos se reuniram para se despedir de Graciela dos Santos. Ela, por sua vez, usou a fé para obter o milagre necessário

Por Por Michele Francisco/ Foto: Marcelo Alves

Até março de 2017, a copeira Graciela dos Santos, de 34 anos, vivia normalmente, mas passou a sentir dificuldade para realizar as atividades simples de casa. Ela sentia muita fraqueza e sonolência. Não demorou muito para que ficasse sem apetite e perdesse peso. Ela procurou ajuda dos médicos e, ao ser examinada, foi internada imediatamente.

“Quando fui fazer o exame da biopsia nos nódulos que apareceram na axila e no pescoço, o médico se surpreendeu com o tamanho e disse para parar o procedimento, pois não tinha mais o que fazer. Depois do exame, o médico relatou o diagnóstico para o meu esposo e pediu para que ele chamasse os meus familiares e amigos, pois eu teria apenas uma semana de vida”, conta.

A família, ao ver o quanto Graciela estava debilitada, decidiu não contar para ela sobre a doença. Ela estava com Linfoma de Hodgkin, câncer que se origina nos gânglios do sistema linfático.

“Os médicos vinham a todo momento fazer vários exames e eu não entendia o motivo de tudo aquilo. Eu não sabia o que eu tinha. Eu perguntava, mas ninguém me falava nada. Mesmo assim, eu me mantive na fé e cria que logo sairia daquela situação”, diz. Ela estava com muita falta de ar e corria o risco de ficar sem oxigenação no cérebro.

O poder da fé

Graciela e sua família frequentam a Universal há 21 anos. Tudo o que ela aprendeu e vivenciou nessa caminhada da fé a ajudou na luta contra o seu diagnóstico. Ela não se deu por satisfeita e quis saber o que realmente estava acontecendo com ela. Logo descobriu que tinha câncer e que a doença já estava em estágio avançado.

No hospital, os dias eram angustiantes para Graciela, mas ela sempre mantinha ao seu lado uma Bíblia e o rádio sintonizado na programação da Universal. Cada palavra e cada testemunho a ajudavam a confiar ainda mais em Deus. “Eu me assustei no início, mas me apeguei ainda mais à fé. Não questionei a Deus e não permiti que os pensamentos de dúvida me contaminassem”, relata. Depois de um mês de internação, ela foi transferida para outro hospital e iniciou o tratamento quimioterápico. No período que permaneceu hospitalizada, ela passou a fazer uso da água do milagre. Enquanto isso, o esposo dela frequentava as reuniões de cura por ela.

Ela perdeu cerca de 30 quilos e teve que lidar com a queda do cabelo, mas permanecia acreditando que Deus faria um milagre. Ela sempre recebia a visita de pastores e obreiros que oravam por ela e fortaleciam sua fé.

Ela superou as expectativas médicas e começou a ter avanços. Seu organismo foi respondendo ao tratamento e ela só precisou fazer 12 sessões de quimioterapia das 15 prescritas pelo especialista. Ao final, recebeu alta médica e foi para casa.

Chegou à sua residência com algumas limitações. Graciela ainda não conseguia andar, por isso ficou por um tempo dependendo da cadeira de rodas. Ela teve muito apoio do seu esposo e do sogra, pois seu filho – que tinha 6 anos à época – precisava de um suporte nesse momento delicado.

Com o passar dos dias, ela agia cada vez mais sua fé. Ela voltou a frequentar as reuniões e foi ganhando mais vigor. Logo passou a andar sem a cadeira de rodas e a se alimentar. Em novembro, ao refazer os exames, não apresentava mais nenhum nódulo ou resquício da doença.

Ela estava curada. Toda a equipe médica se surpreendeu com os resultados. Os profissionais disseram que aquilo era um milagre.

“Minha vida mudou em todos os sentidos. A minha vida espiritual ficou mais fortalecida e essa situação me levou para mais perto de Deus”, conta. Hoje ela tem uma vida saudável sem nenhuma limitação.

Reunião da Saúde restaurada

Direcionada a quem sofre com uma doença, dores ou problemas de saúde persistentes. Todas as terças-feiras, no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de você. Para saber os horários, acesse universal.org/enderecos

* A Universal ensina a prática da fé espiritual associada ao tratamento médico recomendado a cada paciente

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Para ela, restava só uma semana de vida

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games