O que ele mais temia aconteceu

Conheça a história de Cristian, que esteve envolvido no mundo do crime e do tráfico no estado do Rio Grande do Sul



Por Por Rafaela Dias / Fotos: Cedidas

A cada ano, aumenta o número de adolescentes que cumprem pena em unidades socioeducativas no Brasil. De acordo com o último anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o número de jovens entre 12 e 17 anos apreendidos por prática de atividades criminosas cresceu seis vezes, entre 1996 e 2014.

Diante deste cenário, a Universal tem intensificado suas atividades em unidades para menores que cumprem medidas socioeducativas. No Rio Grande do Sul, por exemplo, o trabalho do grupo Universal Socioeducativo (USE) tem crescido consideravelmente todos os meses.

Já são mais de 2 mil menores atendidos, dos quais, muitos já se entregaram ao Senhor Jesus. Os voluntários do grupo realizam visitas semanais a essas unidades e atendem desde as famílias até os menores. O Pastor Felipe Ferreira é o responsável pelo grupo no estado. Ele conta que a cada visita, os voluntários levam esperança a todos.

“Os jovens nos aguardam, porque sabem que não entramos ali para levar religião, mas para passar uma mensagem de fé que abre a visão deles”, declara o Pastor.

Resultados

Cristian Kalman é um desses exemplos de transformação dentro de uma unidade para menores. Segundo conta, ele era um jovem trabalhador e estudioso até conhecer a maconha. A partir daí, tudo o que ele ganhava era para sustentar o vício, até perder o emprego e não ter mais como financiar as drogas que usava. A solução que o jovem encontrou – relembra – foi começar a roubar e traficar.

Aos 20 anos, Cristian coleciona oito passagens pela polícia. Em um de seus assaltos o que mais temia aconteceu: ele foi apreendido. Dentro da unidade socioeducativa o jovem recebia visitas de voluntários da Universal, que mostravam a ele um futuro diferente.

“Os obreiros levavam a Palavra de Deus, o jornal Folha Universal e eu fui lendo e guardando aquelas palavras. Eu falava para Deus que quando eu saísse de lá eu ia procurar uma igreja”, lembra o jovem

E foi o que ele fez. Ao receber a liberdade, Cristian procurou a Universal e hoje desfruta de uma vida completamente livre das drogas e tem a oportunidade de ajudar outros jovens que se encontram na situação que ele estava.

“Hoje eu volto na porta de unidades socioeducativas na condição de voluntário trazendo a Palavra de fé, a mesma que encontrei lá dentro. Não desista do seu filho, neto ou sobrinho, porque assim como Deus transformou a minha vida, Ele vai transformar a vida deles”, finaliza o jovem.

Reconhecimento

Recentemente o grupo Universal Socioeducativo do Rio Grande do Sul recebeu uma homenagem na Câmara Municipal de Uruguaiana. A solenidade foi uma iniciativa da vereadora Zulma Ancelino, que homenageou, na semana da paz, três instituições que possuem a responsabilidade de promover a paz na sociedade.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O que ele mais temia aconteceu

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games