Deus tem ciúme dos Seus servos?

Por Por Janaina Medeiros/ Foto: Fotolia

Quando uma pessoa tem um relacionamento íntimo com outra é natural que ela queira ser lembrada com prioridade nos acontecimentos, como em um aniversário ao receber o primeiro pedaço de bolo do aniversariante.

Assim como nesse exemplo, estar em primeiro lugar em diversas situações é o desejo de todos. Ser o primeiro da fila em um banco lotado de pessoas vai fazê-lo ser atendido com mais atenção. Da mesma forma, viajar de avião na primeira classe vai permitir que tenha mais conforto do que na classe econômica.

Assim como todos nós queremos ser lembrados em primeiro lugar, Deus também quer. Deus não aceita discípulos pela metade ou cristãos que ora estão em Sua presença, ora cometem transgressões que O entristecem. Ao contrário, Ele quer o coração de todos por completo, para ter exclusividade.

Não é à toa que Ele escreveu no primeiro dos Dez Mandamentos:

“Eu sou o Senhor Teu Deus que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de Mim”. Êxodo, 20.2-3

Analisando a Bíblia, vemos a menção de que Ele tem ciúme daqueles que adoram outros deuses, como está escrito em Ezequiel 8.3. Nesta ocasião, o Espírito de Deus mostra ao profeta Ezequiel a forma como o povo estava distante dos caminhos dEle:

O Espírito me levantou entre a terra e o céu e me levou a Jerusalém em visões de Deus, até à entrada da porta do pátio de dentro, que olha para o norte, onde estava colocada a imagem dos ciúmes, que provoca o ciúme de Deus Ezequiel 8.3

O desejo de Deus é ser o centro das atenções de Seus filhos, como explica o Bispo Renato Cardoso: “Deus quer ser o único alvo de nossa fé. Nossa prioridade. Não é difícil entender, mas, sim, praticar. Apesar de dizermos que sim, será que O colocamos e tratamos como o primeiro em nossas vidas?”

Isso quer dizer que o ciúme de Deus não tem nenhuma relação com o ciúme que as pessoas sentem umas das outras. Esse tipo de ciúme humano, que leva a atitudes descabidas por causa de um egoísmo, é obra da carne e não deve fazer parte da vida do cristão.

Já o ciúme atribuído a Deus refere-se ao zelo que Ele tem pelo Seu povo. Como o Criador de todas as coisas, Ele deseja que Suas criaturas vivam conforme a Sua vontade, para zelar por todas e protegê-las.

Não há amor maior

Quando passamos a viver um relacionamento íntimo com Deus, passamos a ser dEle e Ele, nosso. O amor dEle é tão intenso a ponto de revelar o Seu ciúme, por meio do Espírito Santo, como afirma a epístola 4.5 de Tiago:

Ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós? Tiago 4.5

Esse amor também é revelado na forma como Ele nos trata, como a “menina dos Seus olhos”:

pois assim diz o Senhor dos Exércitos: Para obter a glória, ele me enviou às nações que vos despojaram; porque aquele que tocar em vós toca na menina do Seu olho. Zacarias, 2.8

Ocorre que da mesma forma que Deus zela e protege Seus filhos amados, Ele exige que tenhamos o mesmo comportamento diante dEle e anseia por uma completa fidelidade de nossa parte. “Deus quer ser servido com critério, conforme o que está determinado. Ele quer do jeito que Lhe agrada, como acontece com qualquer pessoa na vida. Ou quando você vai no barbeiro você diz ‘faça o que você achar melhor’? Não! Você pede e o barbeiro faz o que você lhe pediu”, exemplificou o Bispo Renato Cardoso, em uma reunião que ocorreu recentemente no Templo de Salomão.

Por causa desse ciúme, Deus se entristece quando praticamos algo que é contrário à Sua Palavra. “Deus é exigente e pratica a Sua justiça. Por isso, as coisas não são como a ‘casa da mãe Joana’. Então, cuidado com pensamentos como ‘Deus sabe’, ‘Deus entende’, porque isso não O agrada. Ele vai rejeitar a Sua oferta”, esclareceu o Bispo.

Em contrapartida, Ele sabe recompensar tanto os Seus servos maus como os fiéis. “Ele não é somente rigoroso com os negligentes, mas também generoso com os bons e fiéis. Sabe agradar, recompensar, porque é justo”, ponderou o palestrante.

Portanto, valorize o ciúme que Deus tem de você. Avalie atitudes, pensamentos e sentimentos que revelam se Ele é realmente a sua prioridade. “O verdadeiro servo procura saber a vontade do seu Senhor e apenas obedece. Verifique se você tem servido a Deus como Ele quer ser servido ou como você acha melhor”, finalizou o Bispo.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Deus tem ciúme dos Seus servos?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000

Free WordPress Themes, Free Android Games