Você conhece o trabalho do Grupo da Saúde Universal?

Saiba mais sobre a iniciativa que tem o objetivo de orientar profissionais da área médica no País inteiro

Por Por Maiara Máximo/ Fotos: Demetrio Koch

Com o intuito de alcançar o maior número de sofridos, a Universal leva palavras de fé aos enfermos que se encontram nos leitos dos hospitais há muitos anos. Antes, uma equipe formava o Grupo do Hospital e evangelizava na porta das instituições, prontos-socorros e postos de saúde de todo o País. Agora, o grupo presta um trabalho ampliado e ainda mais específico, com ações que oferecem apoio emocional e espiritual por meio de cursos e palestras aos voluntários e, principalmente, aos profissionais da área da saúde. Com o novo formato de atuação, surge também um novo nome: Grupo da Saúde.

O principal objetivo é capacitar os voluntários para que consigam atender os enfermos de acordo com as necessidades e possibilidades do ambiente hospitalar e, além disso, orientá-los sobre as normas e os cuidados necessários em cada visita. O grupo conta com mais de 17 mil voluntários em todo o Brasil, realiza, em média, 59 mil visitas mensais e já soma cerca de 35 mil familiares atendidos.

O auxílio é importante, ainda, para os próprios profissionais da área médica, que lidam com diversos desafios no dia a dia e que também podem desenvolver problemas de saúde, como depressão.

Segundo pesquisa realizada em 43 países e publicada por uma revista científica britânica, foi comprovado que há uma alta taxa de depressão entre estudantes de medicina.

De acordo com os dados coletados, cerca de 11% dos estudantes avaliados apresentaram tendências suicidas e 27% tiveram quadros de depressão ou sintomas depressivos – o número é até cinco vezes maior do que a média da população geral para essa faixa etária.

Para a ginecologista e obstetra Julia Melim, de 31 anos (foto abaixo), também voluntária do Grupo da Saúde, os números mostram a real situação vivida atualmente por alguns profissionais da área. “São números alarmantes, que nos impulsionam a atuar entre os colegas médicos para diminuir o sofrimento psíquico pelo qual muitos passam.”

E é por meio da Palavra de Deus que o grupo mostra para esse profissional como ele é essencial na vida de um enfermo e como Deus pode capacitá-lo e ajudá-lo tanto nessa jornada como na sua vida pessoal.

Curso preparatório

Uma vez por semana, os profissionais e voluntários participam de um curso que tem o intuito de promover a capacitação deles, para que desenvolvam o trabalho na área hospitalar com qualidade. É o que explica o Bispo Eduardo Ribeiro, responsável pelo Grupo da Saúde em todo o Brasil. “Como diversas pessoas nos procuram, e muitas não têm a menor noção do que pode e do que não pode ser feito no ambiente hospitalar, realizamos cursos com informações básicas, falamos do grupo e de seus objetivos, além de explicar os cuidados e cautelas inerentes a esse segmento. Como, por exemplo, o cuidado com as normas do hospital, na visita e com a higienização. Orientamos a não tocar no paciente sem autorização, entre outras coisas, para que a convivência seja harmoniosa e cooperativa. Uma vez capacitadas, essas pessoas se tornam integrantes do grupo.”

O Bispo explica, ainda, qual é a missão do projeto. “Sabemos o quão doloroso pode ser o estado de enfermidade, cujo sofrimento se estende aos familiares, e o elevado nível de estresse e conflitos internos, que acabam muitas vezes atingindo também os profissionais da saúde. Muitos voluntários têm declarado que esse grupo tem feito a diferença, pelo cuidado e apoio que temos dado. E, por isso, cada vez mais pessoas nos procuram para saber como fazer parte desse trabalho tão especial e gratificante.”

Voluntária

“O meu conhecimento de enfermeira me motivou a entrar no grupo, pois assim posso contribuir para ganhar almas para Deus nos hospitais, nas casas de repouso e nos lares para os pacientes, familiares e profissionais da saúde, desenvolvendo projetos e ações sociais”, revela Camilla Orenga Frizatti, de 30 anos (foto abaixo), que frequenta a Universal há 8 meses.

Camilla reconhece o valor desse aprendizado. “Hoje, não vejo somente o paciente que precisa de uma cura física, mas uma alma que precisa de ajuda, apoio e direcionamento. Na minha vida pessoal sinto que estou mais conectada com Deus, sendo oferta viva para Ele. Tenho consciência de que estou dando o meu melhor para agradar a Deus e isso me faz feliz.”

Faça parte

* Quem pode participar: todos aqueles que têm amor pelo próximo, especialmente os que já trabalham na área da saúde, direta ou indiretamente.

Os novos voluntários passam por um curso preparatório de capacitação – realizado nas sedes estaduais. Em seguida, eles serão preparados para prestar assistência espiritual aos enfermos.

Para mais informações, entre em contato pelo WhatsApp (11) 94821-0173; pelo e-mail admcentraldasaude@gmail.com ou procure a Universal mais próxima.

* Visitas: para solicitar uma visita do grupo em qualquer parte do Brasil, entre em contato com o SOS Saúde Templo, pelo WhatsApp (11) 99748-7596 ou pelo e-mail visitas@sp.universal.org.br. O pedido será encaminhado à equipe mais próxima do local.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Você conhece o trabalho do Grupo da Saúde Universal?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games