Por que minha vida não avança?

Entenda quais situações impedem o cristão de progredir e o que é preciso fazer para ser abençoado em todas as áreas

Por Por Janaina Medeiros/ Fotos: Fotolia e Cedida

Há algum tempo você conhece a Palavra de Deus, frequenta as reuniões na Igreja, medita nos versículos bíblicos, faz propósitos de fé e até transmite o que aprendeu para outras pessoas, mas ainda padece por causa de um problema ou luta incansavelmente para alcançar uma bênção.

Enquanto isso, vê pessoas novas na caminhada da fé estarem realizadas por receberem as graças divinas que elas almejam. Por que isso acontece? Provavelmente, porque existe algo que o impede de receber aquilo que você tanto deseja.

Primeiramente, é preciso entender que a expressão da fé sobrenatural traz muitas bênçãos. Contudo, mais do que recebê-las, é importante mantê-las para prosperar em todos os aspectos. Afinal, de que adianta a pessoa comprar um carro novo, mas não ter paz dentro de casa? Ou conquistar uma promoção no trabalho, mas não ver sua vida amorosa evoluir?

Se este é o seu caso, é preciso identificar o que atrapalha o seu desenvolvimento. Para isso, é necessário estar sensível à Voz de Deus e, então, perceber o que O está desagradando. “Às vezes, Deus já falou por meio da Bíblia, de um pastor, de uma mensagem e você até já sabe a resposta, só que você só quer ouvir o que te agrada”, alertou o Bispo Edir Macedo em seu programa Palavra Amiga, transmitido diariamente pela Rede Aleluia (confira os horários de transmissão na página 2 desta edição).

Pode ser um pecado que há muito tempo Deus tem lhe pedido para abandonar, como também um erro aparentemente pequeno do qual Ele já lhe exortou inúmeras vezes para se livrar. Entretanto, como você não O atende, Ele fica impossibilitado de lhe responder.

O Bispo também esclareceu que, da mesma forma que os erros e os pecados, os sentimentos também impedem Deus de agir em seu favor. “Se você tiver dúvidas, mágoas, preocupações e ansiedade, apesar de querer, Deus não conseguirá te ajudar.”

Em vez de insistir em uma vontade sua, é preciso renunciar. Por exemplo: terminar um namoro que não condiz com os ensinamentos divinos, se afastar de amizades que podem lhe fazer mal ou parar de tirar proveito de algumas situações. “Ele sabe que essas atitudes lhe trarão consequências ruins. Então, quer que você abdique disso para poder lhe atender”, enfatizou o Bispo.

Entrega total

A sua vida progride conforme suas atitudes. Estas correspondem às ofertas que você faz ou deixa de fazer para Deus e para as pessoas com as quais convive. Por exemplo: às vezes, Deus já o avisou para manter-se calado quando a vontade foi brigar. Porém, em vez de você fazer essa oferta para o seu próximo, preferiu extravasar sua raiva. Sendo assim, foi desobediente e, por isso, O desagradou.

O Bispo explicou que é necessário sacrificar corpo, alma e espírito para receber não só as bênçãos que deseja, mas tudo o que Deus tem para lhe dar. “Você ainda não casou, tem todos os dotes, mas todo homem que se apresenta a você só quer tirar proveito? Você luta por um trabalho melhor, mas não consegue? Você até foi liberto de algo, mas nada acontece? Por quê? Porque você não mostrou sua entrega total para Ele, um sacrifício, uma renúncia, uma oferta limpa”, exortou o Bispo.

Foi o que aconteceu com Stéphany Rodrigues Martins, de 22 anos (foto à direita), que pôde ver sua vida amorosa abençoada quando se entregou totalmente a Deus.

Ainda adolescente, ela viveu um namoro conturbado com um rapaz dez anos mais velho, que a engravidou. No início, ele ia com ela às reuniões na Universal e dizia que iriam se casar. Contudo, aos poucos, ela foi vendo que o comportamento dele não era condizente com a Palavra de Deus. Apesar disso, continuou o namoro. “Eu não me entregava 100% a Deus. Então, deixei o sentimento me guiar e quando vi já estava caindo em pecado com ele.”

Essa atitude lhe trouxe consequências desastrosas. “Descobri que ele tinha voltado com uma ex-namorada e que estava morando com ela aquele tempo todo. Só que aí eu já estava fraca na fé”, lamentou.

Ela conta que Deus já a havia alertado sobre esse namoro. “No fundo Deus me falava que estava errado. Mas eu não estava sensível à Voz de Deus. Mesmo com sinais claros de que meu namorado estava só me enganando, preferi acreditar que ele mudaria”, contou.

Depois de ficar afastada de Deus, a jovem perdeu a guarda do seu filho, brigou inúmeras vezes com sua família e chegou a morar de favor. Só então ela percebeu que precisava renunciar ao seu modo de viver para ter um relacionamento efetivo com Deus. Então, se arrependeu, abandonou as atitudes erradas e, então, Deus pôde abençoá-la. “Conheci um bom rapaz, nos casamos e sou batizada com o Espírito Santo. Hoje, eu sei discernir qual é o relacionamento que agrada a Deus e que o mais importante é a minha comunhão com Ele, pois as demais coisas Ele acrescenta”, concluiu.

Portanto, sacrifique o que Deus lhe pede. Entregue-se a Ele totalmente e renuncie ao seu orgulho e à sua vontade pessoal. Assim, você verá sua vida avançar em todas as áreas.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Por que minha vida não avança?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games