Deficientes auditivos realizam Passeio no Templo de Salomão

Eles também participaram das reuniões com auxílio de uma intérprete. Saiba mais

Por Por Sabrina Marques/ Fotos: Demetrio Koch e Cedidas

Segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010, cerca de 10 milhões de pessoas têm deficiência auditiva. Desses, 2.147.366 milhões apresentam deficiência auditiva severa, situação em que há uma perda entre 70 e 90 decibéis (dB). Do total de deficientes, cerca de 1 milhão são jovens com até 19 anos.

Já os números da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) apontam que a deficiência auditiva representa 1,1% de todas as deficiências no País. Cerca de 0,9% dos brasileiros ficaram surdos em decorrência de alguma doença ou acidente e 0,2% nasceu surdo. Do total de deficientes auditivos, 21% têm grau intenso ou muito intenso de limitações, que compromete até a realização de atividades habituais.

Por isso, a Constituição Brasileira estabelece no capítulo 7, artigo 17, que é dever do poder público eliminar toda e qualquer barreira que interfira na comunicação e no acesso à informação por parte dos deficientes sensoriais (dos cinco sentidos).

É para cumprir a lei dos homens e principalmente as Leis de Deus – que determina pregar o Evangelho a toda criatura – que o Grupo de Evangelização da Universal (EVG) tem buscado tornar compreensível aos deficientes auditivos a mensagem da Palavra de Deus, inserindo-os tanto nos cultos da igreja como em outras atividades.

Dentre essas atividades está o Passeio Bíblico no Templo de Salomão, em São Paulo, realizado recentemente com 13 deficientes auditivos e seus familiares. Com a ajuda de uma intérprete, que é voluntária no EVG, eles puderam compreender a história do povo de Israel desde a saída do Egito até a chegada à Terra Prometida e os feitos de Deus, O qual sempre mostrou o Seu amor pelo povo.

Depois do Passeio, José Luiz, que é deficiente auditivo, afirmou que a experiência foi maravilhosa. “Gostei de participar, conhecer a história de Deus, pois eu não a conhecia. Achei o Templo muito lindo e o passeio muito legal. Gostei muito de ver tudo o que tem aqui. Apesar de frequentar a Universal há bastante tempo, ainda não conhecia toda a história do Templo”, comentou.

A Palavra de Deus afirma no livro de Romanos, capítulo 10, versículo 17:

De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus Romanos 10.17

Neste caso, essas pessoas foram alcançadas por Deus de uma forma diferente: por meio da linguagem de libras (sigla de língua brasileira de sinais).

A voluntária do grupo EVG e intérprete Erika Karen Figueiredo Barbosa, de 39 anos, trabalha há mais de 20 anos com pessoas com deficiência auditiva. Ela é concursada pela rede estadual e efetiva como professora de surdos, mas o seu maior prazer está em ajudar a levar a Palavra de Deus aos que estão dentro da igreja e que precisam da ajuda de uma intérprete para que entendam a fé.

“Cheguei à Universal há três anos, procurava um meio de ajudar a minha filha adolescente. Depois de começar a frequentar a igreja, observei que não havia um trabalho com os surdos e percebi que havia essa necessidade. Certo dia resolvi interpretar os sinais de libras durante uma reunião e ali surgiu o primeiro deficiente auditivo me pedindo ajuda para entender a Palavra de Deus. Em seguida, mais pessoas foram surgindo e o trabalho começou a crescer. Estou me adequando para atender melhor os surdos, pois meu maior objetivo é ganhar almas”, comentou.

No Templo de Salomão, em São Paulo, os deficientes auditivos podem assistir às reuniões com o auxílio de uma intérprete sempre aos domingos, às 6h e às 9h30; às segundas, no Congresso para o Sucesso Financeiro, às 18h30; às quartas e às sextas, às 20h; e às quintas, às 15h, na “Terapia do Amor”.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Deficientes auditivos realizam Passeio no Templo de Salomão

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games