Brasileiro está entre os dez melhores professores do mundo

Por Por Ana Carolina Cury/ Foto: Ivan Feitosa/SMCS

Quando o professor Diego Mahfouz Lima, de 30 anos, aceitou o convite para ser diretor da Escola Municipal Darcy Ribeiro, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, ele se deparou com um verdadeiro pesadelo: tráfico de drogas no local, mais de 50 suspensões semanais, centenas de casos de evasão escolar e baixo índice de matrículas.

O ano era 2014 e, diante dessa situação, ele se deu conta de que estava gerindo uma das piores instituições de ensino básico da região. “Em vez de manter tudo como estava, entendi que precisava fazer algo para mudar aquela realidade. A escola tinha uma imagem ruim, não se desenvolvia e os pais tinham medo de que seus filhos estudassem lá. Assim, passei a realizar ações para transformar aquela realidade”, conta.

Seu primeiro passo foi se apresentar a todos os pais que visitavam a escola. Diego pediu a eles que preenchessem um questionário. “Montei questões sociais e familiares, mas as principais perguntas foram sobre a opinião deles sobre os desafios da escola Darcy Ribeiro e os sonhos e expectativas que eles tinham em relação à escola”, revela.

A partir das respostas, Diego se reuniu com a equipe e elaborou um projeto de mudança. “A aparência da escola estava péssima, então, mandei um e-mail para outras escolas pedindo restos de materiais de pintura. Recebemos doações. Quando me dei conta, toda a comunidade estava envolvida na reforma”, se lembra.

Além de ouvir os pais, ele também deu voz aos alunos. O lugar, que era temido por ser ponto de tráfico e uso de drogas, virou um espaço verdadeiramente escolar. “Depois do nosso projeto, a evasão escolar e o tráfico de drogas foram diminuindo. Hoje não temos nenhum caso de evasão escolar, por exemplo. E tudo isso chamou atenção de outras fundações e instituições educacionais. Na época, fui eleito professor do ano”, diz.

O reconhecimento

A escola se tornou referência e o diretor foi ganhando cada vez mais reconhecimento. Em 2015, ele venceu a 18ª edição do Prêmio Educador Nota 10. E agora está entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize (Prêmio Professor Global, em tradução livre), considerado o Nobel da Educação, já que é uma das mais importantes premiações de docentes do mundo.

O anúncio foi feito por Bill Gates. O diretor relata que ficou muito surpreso com a indicação. “Poder representar a educação do País em um prêmio como esse é um grande reconhecimento. Para mim é uma honra poder ajudar outros educadores e apresentar meu projeto internacionalmente.”

O vencedor será anunciado neste mês, em Dubai, na Ásia. O prêmio é promovido pela Varkey Foundation, uma organização sem fins lucrativos criada para melhorar os padrões de educação para crianças desfavorecidas em todo o mundo. Além de concorrer, Diego foi um dos poucos professores convidados para dar uma palestra no dia da premiação. “Farei uma discussão sobre a educação pública no País em 2030 e apresentarei as expectativas. O projeto, além de ser referência, contribui para esse novo modelo de educação.”

O segredo

A educação pública de qualidade é um grande desafio para o Brasil, mas Diego diz que essa mudança é possível. “É uma grande missão, de fato. Só que é preciso atitude para transformar o cenário, mudar o olhar, valorizar a cultura do diálogo, tornar a comunidade participante das ações e o aluno protagonista. Esse é o diferencial do trabalho e o segredo do meu projeto”, conclui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasileiro está entre os dez melhores professores do mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000

Free WordPress Themes, Free Android Games