Estou louca ou são os hormônios

As mulheres passam por diversas mudanças no decorrer do mês. Entenda o porquê de tudo isso e saiba como lidar com essas alterações

Por Por Michele Francisco / Foto: Fotolia

Um dia você está feliz; no outro só pensa em chorar. Há aqueles dias de muita irritação e tantos outros em que o seu humor oscila a cada momento. Por mais estranho que possa parecer, é normal que as mulheres passem por essas mudanças todos os meses, por causa das alterações hormonais.

A progesterona

Segundo a ginecologista e presidente do Comitê de Endocrinologia da Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig), Marcia Ferreira, as flutuações hormonais interferem constantemente no humor da mulher, na libido e geram vários sintomas físicos. Mas é no período pré-

menstrual que elas mais sentem os aspectos negativos dessas mudanças. “A elevação da progesterona no sangue causa irritabilidade, humor deprimido, choro fácil, sonolência, diminuição da libido, dores e inchaço nas mamas e pernas”, diz a especialista. À progesterona também são atribuídas as manifestações da chamada tensão pré-menstrual (TPM).

O estrogênio

Já o estrogênio, outro hormônio feminino, é responsável por deixar a mulher mais disposta e com a sensação de estar alerta, mais ativa. É ele que permanece em baixa após a menopausa.

“Com o passar dos anos, os óvulos da mulher diminuem e, com isso, surgem alterações na duração do ciclo menstrual (que passa a ser irregular). Diminui também a concentração de estrogênio e isso ocasiona o aparecimento dos fogachos (ondas de calor da perimenopausa), distúrbios do sono e desânimo”, conta.

A testosterona

Além da progesterona e do estrogênio, a testosterona, hormônio masculino, também está presente no corpo das mulheres, mas em pequena quantidade. “Ele é especialmente importante para promover a sensação de bem-estar, de disposição física e o aumento da libido.”

Como não enlouquecer

Em primeiro lugar, é importante compreender que essas mudanças no corpo da mulher são normais. Contudo, se elas a atrapalham no trabalho, no relacionamento com os filhos e o marido e a fazem se sentir mal, não negligencie o acompanhamento médico. Fazer isso não é falta de fé, mas agir com sabedoria.

E saiba que é possível controlar alguns sintomas negativos. Procure adotar alguns cuidados. Controlar o peso e praticar exercício físicos e atividades que a afastem do estresse do dia a dia podem interferir de forma positiva em seu ciclo. A médica recomenda ainda que a mulher se alimente adequadamente, de forma balanceada, e evite o excesso de doces e cafeína.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Estou louca ou são os hormônios

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games