Cobrador de ônibus aprende Libras para falar com passageiros surdos

Aprenda a fazer além do que é esperado



Por Por Rafaella Rizzo / Foto: Thinkstock

Existem pessoas que, por fazer algo diferente, tomar atitudes que a maioria não toma, se tornam especiais e exemplos a serem seguidos.

Recentemente, um cobrador de ônibus do Rio Grande do Sul se tornou um desses casos conhecidos e que vale a pena imitar. Gabriel Pinheiro da Fonseca, de 24 anos, trabalha na cidade de Pelotas e decidiu aprender a Língua Brasileira de Sinais (Libras) por conta própria. Segundo ele, o objetivo é atender melhor os passageiros surdos que passarem pela linha em que trabalha.

Ele afirma que o idioma é pouco utilizado e deveria ser matéria obrigatória nas escolas. Os usuários deficientes se surpreendem com a atitude dele.

Ir além

Com esse gesto, Gabriel dá uma lição de cidadania e, ao mesmo tempo, mostra na prática o que a Bíblia diz:

Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer.”
Lucas 17.10

“Segundo o Senhor Jesus, a definição de inútil não é alguém que não faz nada, mas alguém que só faz o que deveria ter feito — ou seja, nenhum extra, nada além do que se esperava dele”, explica o bispo Renato Cardoso.

Enquanto não se propôs a aprender um novo idioma, o cobrador não fazia a diferença de forma profunda na vida das pessoas. Podia ajudar alguns passageiros, mas aqueles com deficiência auditiva não eram alcançados.

O bispo completa que o servo útil é aquele que excede as expectativas, e esses são raros. O jovem foi além, e por isso se tornou um exemplo a ser seguido. Talvez essa seja a resposta de por que muitos não saem do lugar, não são lembrados, não fazem a diferença no lugar em que estão: por não fazerem nada de diferente.

Gostou? Compartilhe em suas redes sociais.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cobrador de ônibus aprende Libras para falar com passageiros surdos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games