Brasileiros bebem pouca água

Entenda por que você deve aumentar o consumo dessa bebida

Por Por Kelly Lopes/ Foto: Fotolia

Cerca de 60% do corpo humano é composto de água. Esta é apenas uma das razões que tornam esse líquido indispensável para a vida.

Todos os dias o nosso organismo elimina certa quantidade de água por meio de processos fisiológicos, como urina, fezes e suor. Nos dias ensolarados e durante a prática de atividades físicas, essa perda é ainda maior. Para a manutenção da boa saúde, segundo recomendações médicas, a quantidade de água ingerida deve ser sempre maior do que a eliminada.

Hábitos

Um estudo realizado pela Danone Research, entre 2008 e 2014, revelou que o hábito de consumir água está abaixo das necessidades humanas em todo o mundo. Foram avaliadas 16.276 pessoas, com idades entre 18 e 70 anos, em 13 países. No Brasil, a pesquisa contou com participantes das cidades de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife.

Os resultados foram apresentados no congresso da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição (Sban). Os dados mostraram que apenas 58,2% dos adultos e crianças brasileiras cumprem as orientações da Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (Efsa) quanto à ingestão total de líquidos, que é de 1,6 litro para mulheres e de 2 litros para homens.

Muitos substituem o consumo de água por bebidas açucaradas ou sucos, mas essa troca nem sempre é saudável. Para o cirurgião-geral e mestre em ciências da cirurgia Antônio José Tibúrcio Alves, substituir a água por bebidas industrializadas, como sucos e refrigerantes, é prejudicial à saúde. “Essa troca traz uma descarga para o pâncreas, eleva o pico de insulina e pode acarretar ganho de peso por causa do alto teor calórico”, disse.

Tibúrcio explicou que a água dá volume ao sangue e, quando absorvida, vai para a corrente sanguínea, passando pelo pulmão, coração e pelo restante do corpo, limpando células e órgãos. Até chegar nos rins, onde o excesso de líquido é eliminado pela urina, juntamente com impurezas e toxinas. “Podemos dizer que a água, além de hidratar, ajuda a levar o oxigênio e a trazer o gás carbônico de volta, transporta nutrientes e sais minerais através do sangue e também ajuda no processo digestivo e na lubrificação das mucosas.”

O cirurgião alertou que permanecer longos períodos sem beber água pode causar a paralisação dos órgãos vitais. Caso dos rins, por exemplo, que funcionam a partir da pressão do líquido ingerido. Quando essa pressão diminui, a filtração é menor. As consequências nesse caso são mal-estar, queda de pressão, ressecamento da pele e mucosas, dores musculares, pouca urina, câibra, tontura e dor de cabeça.

A falta de água no organismo pode desencadear doenças como cálculos renais, problemas no aparelho digestivo, prisão de ventre, gastrites e queda de cabelo. O médico alertou que a desidratação severa pode até levar à morte.

Benefícios

A água traz diversos benefícios para o corpo. Ela melhora o aspecto da pele, das mucosas, das unhas e dos cabelos, ajuda na digestão e no funcionamento dos rins e do intestino, promove bem-estar e o controle térmico do organismo. “Beba, no mínimo, 1,5 litro de água diariamente. Pequenas quantidades ao longo do dia farão a diferença. A água saborizada com rodelas de limão, laranja, morangos ou folhas de hortelã pode ser um incentivo. Em jejum, pela manhã, e antes de dormir, à noite, a água limpará o organismo e estimulará o funcionamento dos rins”, completou o cirurgião-geral.

Mitos e verdades

Água com gás tem menor índice de hidratação? = Mito

Água engorda? = Mito

Devo beber água mesmo sem sede? = Verdade

A sede é um alerta do início de desidratação? = Verdade

Sucos e refrigerantes substituem a hidratação feita pela água? = Mito

A urina muito amarela indica pouca ingestão de água? = Verdade

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasileiros bebem pouca água

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games