“Vivia do lixo e pedia esmolas para sustentar meu vício”

Depois de morar nas ruas e ficar preso, Edvaldo conheceu o poder da fé e teve sua vida transformada



Por Por Sabrina Marques / Fotos: Cedidas

Quem vê Edvaldo Santana dos Santos, de 41 anos, nos dias atuais, não imagina que ele teve um passado de dor e sofrimento. O ex-morador de rua, que também foi traficante, chegou a ser preso e condenado. Sua sentença foi estabelecida em 5 anos e 6 meses, mas, após conhecer o poder da fé, ele teve uma redução na pena e hoje prega a Palavra de Deus, onde um dia a conheceu.

“Eu era usuário de drogas e perdi tudo o que tinha. Me tornei morador de rua e passei três anos perambulando pelas ruas, então, passei a viver do lixo e das esmolas que pedia para poder sustentar meu vício.

Edvaldo também passou a furtar e a vender drogas até que, um dia, foi preso em flagrante. “Sem perspectiva de vida e viciado em drogas, aceitei o convite para traficar e, em menos de 30 dias, fui preso, estava com 67 pinos de cocaína. Fui direto para o CDP de Taiuva, no interior de São Paulo”, disse.

Após nove meses detido, Edvaldo foi avisado sobre sua condenação: ele ficaria por 5 anos e 6 meses atrás das grades. Mas, por ter conhecido o trabalho da Universal dentro da unidade prisional, esta notícia não o abalou.

“Por incrível que pareça não fiquei abatido, pois antes de receber a notícia, já estava participando das orações que os voluntários do grupo Universal nos Presídios (UNP) faziam lá dentro. Fiquei firme na fé e no segundo mês, após o aviso, um advogado da OAB – que havia assumido meu caso -, me informou que havia acontecido um grande milagre: minha pena foi reduzida para 1 ano e 8 meses e eu poderia cumprir no regime semiaberto na unidade prisional de Rio Preto”, relembra.

E foi exatamente neste período que Edvaldo se entregou de vez ao Poder da Fé. Enquanto cumpria a sua sentença, ele se batizou nas águas (foto acima) e tornou-se também um voluntário em prol do Evangelho.

“No CDP do Rio Preto, me batizei, me tornei evangelista e cumpri a minha pena fazendo a Obra de Deus, até o dia em que ganhei a liberdade. Hoje tenho a vida transformada, não moro mais na rua, tenho uma casa, trabalho e estou como voluntário do grupo do UNP”, relatou.

Para você que acompanha diariamente as postagens do Universal.org sobre as ações nos presídios e deseja também fazer parte desse time de fé, compareça a uma Universal mais próxima de sua casa e saiba o que fazer para se tornar um voluntário.

Atualmente o grupo é coordenado em todo o Brasil pelo bispo Eduardo Guilherme. Conheça mais sobre o UNP, bem como as ações realizadas. Acesse e curta o seu perfil oficial no Facebook, clicando aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Vivia do lixo e pedia esmolas para sustentar meu vício”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games