UNP do Rio de Janeiro promove ação especial com mães encarceradas

Concurso elegeu a Melhor Mamãe de 2017. Saiba como foi

Por Por Maria do Rosário / Fotos: Cedidas

Erros e punições à parte, ninguém duvida de que a vida de alguém privado de sua liberdade não é fácil, e de que as incertezas quanto ao futuro povoam o pensamento dessa pessoa. O que dizer então de uma mulher grávida ou que teve e está com o seu bebê na prisão?

Com o objetivo de levar a essas mulheres a esperança da ressocialização, aumentar a sua autoestima e, principalmente, levá-las a conhecer Jesus, o grupo Universal nos Presídios (UNP) do Rio de Janeiro, sob a coordenação do bispo Jerônimo Alves, entre as muitas ações em prisões do estado, teve a iniciativa de promover a “Semana do bebê”, que está em sua terceira edição, sob a coordenação da missionária Fabíola Pinheiro Batista Silva, responsável pelos trabalhos do UNP nas unidades prisionais femininas do Rio.

Durante a primeira semana de dezembro, em Bangu, na zona oeste da capital fluninense, cinco detentas do Instituto Penal Talavera Bruce (que abriga mulheres grávidas) e seis da Unidade Materno Infantil (UMI), que estão reclusas com os seus bebês, puderam arrumar o cabelo, fazer as unhas e maquiagem como preparação para o concurso “Mamãe UMI 2017”, que ocorreu na própria UMI. Um dos critérios de avaliação para a escolha da Melhor Mamãe foi a dedicação e o zelo delas com os seus bebês. A vencedora ganhou um ventilador; a segunda colocada, um secador de cabelo; e a terceira, um kit de maquiagem.

Segundo Roselene Ultrini Vieira, responsável pelas ações da Universal na UMI, não teve momento mais importante e mais gratificante. “Nós já estávamos acompanhando a mãe que foi eleita havia oito meses, e realmente ela se destacou, no cuidado, no capricho, na submissão às autoridades instituídas dentro da unidade, no seu jeito de tratar as demais detentas.”

Um outro resultado

Muito mais do que os prêmios entregues, o resultado de ações como essa se mede pelo reconhecimento de quem trabalha com mulheres excluídas da sociedade, como Ana Faulhaber, inspetora de segurança e administração penitenciária. “Sem palavras para agradecer à Universal por todo trabalho que vem desenvolvendo nessa unidade (UMI). A parte assistencial é muito importante, pois colabora para ressocialização, porém, o espiritual é mais importante. Deus cuidando delas”, afirmou Ana.

Para saber mais sobre o trabalho realizado pelo grupo Universal nos Presídios, acesse a curta página oficial do coordenador geral do grupo, bispo Eduardo Guilherme, no Facebook. Outras informações, procure a Universal mais perto de sua casa.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

UNP do Rio de Janeiro promove ação especial com mães encarceradas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games