Você optaria por ser mãe solteira?

A personagem de Aline Borges em Apocalipse traz um assunto polêmico: gravidez com produção independente

Por Por Maiara Máximo/ Fotos: Munir Chatack e Instagram

Atualmente inúmeras mulheres escolhem engravidar e ser mãe sem necessariamente dividir sua felicidade ou dificuldades do crescimento e da educação da criança com o parceiro. Na produção independente, como é conhecida, a mulher realiza o sonho de ser mãe por meio da fertilização in vitro, com o auxílio de um banco de doadores de sêmen, ou pelo método convencional, com a ajuda de algum amigo que se disponha a ser o pai do bebê, mas sem nenhum tipo de compromisso dele com a mãe ou com a criança.

Na novela Apocalipse, da Record TV, a história de vida da jornalista e âncora de um telejornal Bárbara Queiroz, interpretada pela atriz Aline Borges (foto abaixo), traz o assunto à tona. Preocupada com o seu relógio biológico, Bárbara, que já está cansada de tantos relacionamentos amorosos frustrados, decide ser mãe com a ajuda do amigo Diogo Ferreira, papel vivido pelo ator Fredy Costa.

Quem é a personagem

A jornalista é uma mulher moderna, esclarecida e feminista. Sabe o que deseja da vida e corre atrás da realização de seus sonhos, independentemente dos padrões da sociedade.

Ela é filha do professor de arqueologia Rodrigo Queiroz (Edson Montenegro). Ele viaja bastante para fora do País e não tem muito contato com a filha. Mesmo assim, nas vezes em que se encontra com ela, deixa claro que não concorda com sua escolha de ser mãe solteira, mas Bárbara está disposta a realizar seu sonho.

A escolha

Apesar de estar em uma relação aberta e sem compromisso, Bárbara acaba se apaixonando pelo amigo Diogo, de quem deseja engravidar. A atriz só não sabe ao certo como será a fase em que Bárbara conta ao amigo sua decisão. Os telespectadores vão ter de acompanhar a novela para saber.

Em entrevista à Folha Universal, Aline conta mais detalhes de sua personagem e o que pensa do tema produção independente. “Como a minha personagem, eu também fui mãe aos 36 anos. Ser mãe não é uma tarefa nada fácil. Educar tem um lado lúdico, mágico, repleto de ensinamentos para os dois lados, mas também é bastante cansativo e ter um parceiro ou parceira caminhando ao nosso lado torna tudo mais fácil. Não sei se teria coragem de encarar uma produção independente. Sei o quanto é importante ter alguém ao lado, dividindo e somando. Tudo vai da necessidade de cada um”, comenta a atriz, que tem uma opinião diferente da de sua personagem.

O desejo de ser mãe está acima de tudo para Bárbara. Seu querer é tão grande que ela não leva em consideração a opinião de outras pessoas. Em seu blog, a escritora Cristiane Cardoso falou das muitas Bárbaras que existem pelo mundo afora: mulheres que estão em busca de felicidade, sem ao menos saber o que é felicidade ao certo. “As pessoas estão cansadas de amar, não porque amar seja cansativo, mas porque nunca souberam como amar ou ser amadas. E, cada vez que tentam um relacionamento novo e se desgastam, chegam a preferir viver só para o resto de suas vidas. É como diz o ditado popular: ‘melhor só do que mal acompanhada’. Mas e se você tem sido a sua pior companhia?”, pergunta Cristiane.

Solteira por opção ?

O fato de Bárbara ser uma mulher linda, bem-sucedida e ainda estar solteira poderia ser uma escolha pessoal, uma opção. Mas a atriz, que é casada há oito anos e mãe de uma menina, acredita que o problema de Bárbara seja outro: “conheço algumas mulheres como Bárbara e poucas estão sozinhas por opção. A maioria busca um encontro, uma afinidade com alguém para seguir, dividir e trocar. A vida a dois é uma delícia e é um grande aprendizado também. No entanto, as pessoas estão muito individualistas – cada qual no seu mundo e fazendo seus stories nas redes sociais – e não prestam muita atenção no outro. Como vão abrir espaço para um encontro?”, diz a atriz.

Aline afirma que sua personagem surpreenderá o telespectador e o levará a refletir. Questionada quanto ao fato de fazer parte de uma novela bíblica e qual a importância da fé de uma pessoa, ela esclarece: “nunca fui uma leitora da Bíblia, conheço alguns versículos porque minha avó lia toda noite para mim. Contudo, a fé é algo que existe dentro de cada um, independentemente de religião. Eu tenho fé e acredito em Deus, nessa força maior que rege tudo. Entretanto, é preciso regar nossa fé todos os dias”.

A novela Apocalipse vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 20h45, na Record TV.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Você optaria por ser mãe solteira?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games