TV portuguesa se especializa em fakenews

Não havendo mais o que apresentar, TVI ataca o Jejum de Daniel



Por Por Andre Batista / Imagem: Thinkstock

Inconformada com o fracasso da coletânea de mentiras travestida de jornalismo, a TVI, emissora de televisão portuguesa, apela para mais uma campanha ignorante e preconceituosa contra a fé de cristãos de todo o mundo, em especial da Igreja Universal do Reino de Deus.

A fakenews publicada pela TVI traz a seguinte afirmação: “O bispo Edir Macedo acaba de decretar o Jejum de Daniel. A partir do dia 25 deste mês os crentes da Igreja Universal não podem ver notícias, ler jornais, ouvir rádio, nem consultar as redes sociais durante 21 dias. Uma medida que surge num momento em que em Portugal a Igreja está a ser confrontada com as adoções ilegais de crianças”.

A presunção da TVI de imaginar que desvirtuaríamos um fundamento bíblico tão importante, tão caro ao povo cristão como o jejum, somente desnuda suas reais intenções.

Mentiras, mentiras, mentiras…

A campanha do Jejum de Daniel não é um “decreto”, como mente a reportagem. Como todas as práticas adotadas na Universal, essa campanha é uma sugestão dada aos cristãos que buscam o aperfeiçoamento em suas relações com Deus. Para que essa aproximação seja realizada, a Universal sugere que os interessados se abstenham de informações seculares que nada acrescentam em suas vidas e utilizem esse espaço para se dedicarem a conteúdos edificantes, como a leitura e meditação na Palavra de Deus, entre outras coisas.

O Jejum de Daniel, como já foi dito, não é novidade para os frequentadores da Universal. Todos os anos são realizadas duas ou três campanhas dessas, sempre com o objetivo de incentivar os cristãos a se aproximarem mais de Deus.

Com fundamento bíblico, o Jejum de Daniel foi elaborado não apenas para os frequentadores da Universal, mas a todos aqueles que estão cansados de serem intoxicados pela infinidade de conteúdos inúteis que, todos os dias, são despejados em nossas vidas. Quer um exemplo? Quantas notificações suas redes sociais te enviam por dia? E quantas realmente agregam algo de valor à sua vida? Ao afirmar que estamos incentivando nossos adeptos a se absterem de consumir, por 21 dias, o conteúdo produzido pela mídia secular, como o lixo que a emissora portuguesa produz, a TVI revela que a sordidez e o preconceito religioso não têm limites.

Jejuar é um preceito bíblico, sim, mas também adotado por inúmeras outras religiões. Muçulmanos, judeus, católicos, budistas, hinduístas, todos adotam formas de aderir, voluntariamente, a períodos sem o consumo ou uso de determinados alimentos, serviços ou atividades.

Ao subestimar o Jejum de Daniel, a TVI não está apenas atacando a instituição Universal, mas todos aqueles que acreditam e se dedicam a estabelecerem uma conexão real com Deus. Quando a TVI quer fazer o público acreditar que a campanha é apenas uma forma de manipulação está agredindo todos aqueles que leem e acreditam na Bíblia, a Palavra de Deus.

Por fim, é importante ressaltar que a Universal não “está a ser confrontada com as adoções ilegais de crianças”, como afirma a reportagem dessa emissora de televisão. Como já foi noticiado anteriormente, todas as ações da Igreja que envolveram acolhimento de crianças foram sempre supervisionadas e aprovadas pela Justiça de Portugal.

A campanha de difamação liderada pela TVI não oferece nada ao público além de mentiras. Todas as reportagens sempre estão repletas de calúnias e nunca foi apresentado uma prova sequer do que a emissora de televisão alega.

A perseguição contra os cristãos não é algo novo e, portanto, não é temida por aqueles que acreditam na Palavra de Deus. O produto do trabalho da Universal pode ser visto neste link, por exemplo, no qual mostra que, em 2017, mais de 11 milhões de pessoas foram auxiliadas com as ações sociais da instituição.

Assim, repudiamos todas as imputações e falsas afirmações que o artigo lança sobre a Universal, exigindo a reposição da verdade, para salvaguarda da reputação de todos aqueles que partilham a nossa fé.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

TV portuguesa se especializa em fakenews

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games