Na rota dos caminhoneiros

Uma vez por mês, voluntários do Grupo de Evangelização se dedicam a levar palavras de fé a esses profissionais

Por Por Ivonete Soares/ Fotos: Marcelo Alves

Uma vez por mês, voluntários do Grupo de Evangelização da Catedral de Santo Amaro (zona sul de São Paulo) se reúnem para visitar uma comunidade diferente e especial: a dos caminhoneiros. O local escolhido inicialmente foi o terminal de cargas Fernão Dias, localizado na Vila Sabrina, zona norte da capital paulista, onde inúmeros caminhoneiros ficam à espera de carregamentos e aguardando novos trabalhos para, posteriormente, voltar aos seus lares.

Por lá circulam dezenas deles que, muitas vezes, estão passando por dificuldades financeiras, endividados e até enfrentando problemas emocionais. Por isso, as visitas desses voluntários, bem como a realização de ações promovidas pelo grupo, têm sido muito importantes.

Mas, para quem não sabe, quem começou com o trabalho evangelístico nessa comunidade, no início de 2017, foi a cantora Sula Miranda, membro da Universal há mais de dez anos.

Um dia, após uma reunião em um domingo na Igreja, ela, que é conhecida em todo o País como a “Rainha dos Caminhoneiros”, teve a ideia de ir ao encontro dessas pessoas.

“Peguei alguns exemplares do jornal Folha Universal e do meu livro (em que conto meu testemunho), vim para cá e comecei a entregá-los aos caminhoneiros e a falar de Jesus para eles. Foi assim que tudo começou. Depois, conversei com uma obreira da Igreja que frequento e, assim, surgiu a oportunidade de vir com o grupo A Gente da Comunidade para intensificar esse trabalho”, comenta Sula.


Assistência material e espiritual

Orientações jurídicas e médicas, cortes de cabelo e até um local específico para descanso com equipamentos para aliviar as dores crônicas na coluna – um dos principais problemas dos caminhoneiros – são alguns dos serviços prestados gratuitamente pelo grupo aos profissionais.

Além da parte assistencial, há também um momento muito importante: quando esses caminhoneiros recebem uma mensagem de fé e uma oração especial do pastor responsável pelo grupo do bloco da zona sul, Samuel Feliz.

Nesses terminais, acrescenta a cantora, há diversos tipos de pessoas. “Há aquelas que chegam e vão embora rapidamente; outras, que não conseguiram cargas, ficam ali dois, três, muitos dias e até meses, como foi o caso de um caminhoneiro que conversei. Ali encontramos todos os tipos de situação. Infelizmente, muitos estão cercados pelos vícios, pelo roubo e pela prostituição. Por isso, o nosso foco não é apenas atingir esses caminhoneiros, mas a família deles também, que fica em casa enfrentando a solidão e muitas dificuldades.”

O objetivo dessas ações, conclui Sula, é que novos grupos se formem em diversas partes e, desse modo, possam estar presentes não apenas nos terminais de cargas, mas em todas as estradas do País.

Quer saber mais a respeito desse trabalho ou como se tornar um voluntário? Procure um pastor na Catedral de Santo Amaro, localizada na Avenida João Dias, 1.800, zona sul da capital paulista, e informe-se sobre o grupo.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Na rota dos caminhoneiros

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games