Os animais marinhos serão extintos?

Três tubarões morrem congelados por causa do frio histórico na América do Norte

Por Por Daniel Cruz / Foto: Reprodução Atlantic White Shark Conservancy/Facebook

A América do Norte enfrenta a temporada de frio mais intensa dos últimos anos. A região de Ontário, no Canadá, por exemplo, chegou a experimentar 50 graus Celsius negativos.

E há uma singularidade ainda maior nesse clima: não somente as temperaturas são baixíssimas como também a extensão territorial do frio assusta os meteorologistas norte-americanos.

Pela primeira vez em 3 décadas, o estado da Flórida, nos Estados Unidos – famoso pelo clima quente e ensolarado –, foi coberto pela neve. Diversas estradas foram fechadas sob o risco de acidentes.

Contudo, os problemas não atingem apenas as pessoas. Com o frio brutal, a natureza e os animais também são agredidos.

Há, por exemplo, registros de mortes de tubarões nas águas gélidas da região de Massachusetts, no nordeste dos Estados Unidos. Conforme a ONG Atlantic White Shark Conservancy divulgou em sua página oficial nas redes sociais, foram encontrados, na praia de Brewster, três tubarões da espécie Alopias mortos. Acredita-se que eles tenham tido parada cardíaca, além de asfixia, por causa do congelamento.

Estamos vivendo o Fim dos Tempos?

Os meios de comunicação têm noticiado estranhos eventos ao redor do planeta nos últimos meses. Há alertas de que as frutas podem não resistir às altas temperaturas no verão e no inverno há notícias de animais mortos por congelamento. Não há dúvidas de que o planeta em que vivemos enfrenta um momento ímpar.

O que a Bíblia pode nos mostrar sobre a relação da natureza com o Fim dos Tempos?

No livro de Apocalipse, capítulo 16, versículo 3, está escrito: “E o segundo anjo derramou a sua taça no mar, que se tornou em sangue como de um morto, e morreu no mar toda a alma vivente.”

Ou seja, nessa passagem bíblica vemos que na Grande Tribulação – período em que restará apenas os ímpios neste mundo e o anticristo reinará – todos os animais que vivem no mar morrerão, porque o mundo caminhará para a sua destruição completa.

Sobre esse trecho, o bispo Edir Macedo escreve, no livro “Estudo do Apocalipse”: “Os gigantescos oceanos se tornarão como cadáveres em lenta putrefação. Aqueles que hoje pagam muito mais caro para viverem junto ao mar estarão fugindo diante da repugnância apresentada por ele, com o derramamento desta taça. Além disso, e o que é pior, todo alimento oriundo do mar estará destruído. Mas isto ainda não é o fim.”

Em outras palavras, a humanidade ainda verá cenas muito mais fortes e aterrorizantes do que as encontradas na atual mídia. Ao longo da história, a humanidade plantou atitudes ruins, desprezando a Palavra de Deus, e nos Fim dos Tempos vemos que ela colhe dores e sofrimentos por causa disso.

A todo momento o Altíssimo concede a chance para o arrependimento e o perdão, porém, o desejo de mudança de vida deve partir da própria pessoa. É uma escolha.

Você quer entender melhor o Apocalipse?

Se você deseja aprender mais sobre a Salvação e o Fim dos Tempos, participe da reunião Estudo do Apocalipse, que acontece no Templo de Salomão, aos domingos, às 18h.

Confira também os capítulos anteriores desse estudo na plataforma Univer Vídeos.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Os animais marinhos serão extintos?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games