20 mil motoristas multados por transportar crianças indevidamente nos carros

Você também está colocando a vida de seu filho em risco?



Por Por Andre Batista / Imagem: Thinkstock

Mais de 20 mil motoristas foram multados por transportarem crianças de maneira indevida dentro de seus veículos nas rodovias brasileiras. Isso somente em 2017, o que representa um aumento de 38% em relação às mesmas infrações no ano anterior.

De acordo com a legislação brasileira, crianças com menos de dez anos de idade devem ser transportadas no banco traseiro do veículo, exceto quando o número de crianças for maior do que o banco citado comporta ou em casos de carros apenas com bancos dianteiros, como caminhonetes. Além disso, cada faixa etária deve utilizar o equipamento correto:

– Crianças de até um ano de idade utilizam o bebê conforto.

– Entre um e quatro anos de idade, a criança deve utilizar a cadeirinha presa.

– Dos quatro aos dez anos é necessária a cadeira de elevação.

O descumprimento dessas regras é considerado infração gravíssima, com penalidade de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 293. Mesmo assim, 20.100 motoristas foram flagrados em delito, o que não representa nem 10% dos infratores.

“A cada flagrante de criança sendo transportada de forma irregular, com certeza, pelo menos outras 100 crianças estão assim, porque nós não abordamos todos os veículos que passam pela rodovia”, afirmou o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Fernando Oliveira à reportagem da Record TV.

E esses são números relacionados apenas às rodovias, sem considerar as infrações cometidas em ruas e avenidas, por exemplo.

O que diz a Bíblia

Evidentemente a Bíblia não faz menção à maneira própria de transportar uma criança dentro do veículo, mas é muito clara em relação a como os pais devem tratar seus filhos:

Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel 1 Timóteo 5.8

Ou seja, é necessário que os responsáveis de cada criança a protejam.

Na mesma reportagem da Record TV, o especialista em segurança Renato Cavalher explica que o acessório correto “retém a criança e evita que ela seja projetada para a frente do carro no caso de impacto, que bata a cabeça no vidro, que se machuque e tenha traumatismo craniano. Enfim, ela garante a segurança da criança.”

Como se sabe, muitos estudos são realizados para que os veículos sejam seguros e as leis de trânsito visam fazer com que o menor número de pessoas se machuque ao utilizar o transporte. Quando um pai abre mão de colocar seu filho na cadeirinha, por exemplo, está também abrindo mão de que ela esteja devidamente protegida.

De acordo com o Ministério da Saúde, o trânsito é a principal causa de morte em pessoas que têm entre zero e 14 anos de idade no Brasil. Um estudo realizado pela Criança Segura, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), mostrou que, somente em 2014, a média de mortes dessa faixa etária na população foi 3,76 a cada 100 mil habitantes. Isso representa quatro crianças mortas ao dia, sendo que a maior parte delas estava sendo transportada incorretamente.

Se você está entre os guardiães que não protegem seus filhos no trânsito, lembre-se de que, de acordo com a Bíblia, “os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão” (Salmos 127.3). Não coloque em risco a vida do presente que Deus lhe deu.

O bispo Renato Cardoso explica que “pai e mãe devem agir em conjunto para determinar certos limites e regras aos seus filhos, visando o bem deles”. Clique aqui e leia mais sobre isso.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

20 mil motoristas multados por transportar crianças indevidamente nos carros

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games