Detentos do interior de São Paulo têm dia diferente



Por Por Maria do Rosário / Fotos: Cedidas pelo UNP Sorocaba

Os 1.900 detentos do presídio Dr. Antônio de Souza Neto, o P2, localizado no bairro de Aparecidinha, em Sorocaba, interior de São Paulo, participaram de uma confraternização de fim de ano, no dia 16 de dezembro último, num cenário bem colorido — diferente do dia a dia de uma penitenciária.

A decoração foi feita pelos próprios detentos com a colaboração dos voluntários, obreiros e evangelistas do grupo Universal dos Presídios (UNP), bloco Sorocaba, coordenado pelo pastor Josué Costa Ramos.

Antes da festa, eles ouviram a Palavra e incentivos a uma vida sem erros, quando o pastor Josué citou a passagem bíblica: Portanto dize-lhes: Assim diz o Senhor dos Exércitos:Tornai-vos para mim, diz o Senhor dos Exércitos, e eu me tornarei para vós, diz o Senhor dos Exércitos” (Zacarias1:3), explicando que, “quando a pessoa se volta para Deus, é certo que Deus se volta para ela também. E sua vida tem uma mudança total e completa, em todos os sentidos. E tudo na vida dessa pessoa dá certo”. Depois da reunião de momentos de fé, eles foram ao pátio para receber suas visitas e saborear lanches de carne e linguiça acebolada. Todo o evento foi animado pela banda Viva Voz, cujos integrantes cumprem pena naquela penitenciária.

O UNP no ‘Presídio Aparecidinha’
O trabalho do grupo UNP, seus voluntários, obreiros e evangelistas, neste presídio foi intenso durante todo o ano de 2017. Houve cafés e almoços para diretores e agentes, com distribuição de centenas de exemplares dos livros “Nada a Perder”, do bispo Edir Macedo; Casamento Blindado – O Seu Casamento à Prova de Divórcio, de autoria do casal Renato Cardoso e Cristiane Cardoso; cafés para familiares e detentos do regime semiaberto; torneio de futebol; entrega de 800 Bíblias, kits de higiene, entre outras doações. Tudo isso visando a interação entre os envolvidos na busca da recuperação dos assistidos pelo UNP para que cheguem a um bem maior: a Salvação.

E todo esse empenho deu resultado: 470 detentos aceitaram a Palavra, batizando-se nas águas, na busca de uma nova vida — longe dos erros.

Para saber mais sobre o trabalho e as ações do UNP, procure uma Universal mais próxima de sua casa, clicando aqui, ou acesse a página oficial no Facebook do coordenador geral do grupo em todo o País, bispo Eduardo Guilherme.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Detentos do interior de São Paulo têm dia diferente

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



E-mail para Contato:

Telefone:

Endereço

Cep:

Free WordPress Themes, Free Android Games