Saiba do que as empresas precisam

Você se esforça para auxiliar seus colegas ou funcionários? Descubra as características que fazem com que um time cresça profissionalmente



Por Por Ana Carolina Cury / Foto: Fotolia

Você já deve ter ouvido a famosa frase “a união faz a força”. Ela remete a uma importante atitude que, se for adotada, pode transformar vidas, relações e principalmente a situação profissional de uma pessoa ou empresa. No campo empresarial é o chamado trabalho em equipe.

Quando um grupo se une para realizar algumas atividades e alcançar um objetivo comum, o produto final ganha mais qualidade e pode até ocorrer melhoria da produtividade individual. É o que afirma Noemi da Silva Ferreira, economista especialista em gestão pública.

“Para o funcionário a vantagem é o aprendizado, o desenvolvimento de novas habilidades e o convívio social. O gestor, por sua vez, pode encontrar diversas soluções para um problema, desenvolver maior criatividade, maior envolvimento dos colaboradores, melhor ambiente de trabalho, mais produtividade e, assim, maiores resultados”, explica.

Entretanto, é preciso ficar atento, porque existem características específicas de quem sabe trabalhar em grupo. E, para descobrir quais são as principais, a Folha Universal conversou com alguns especialistas.

Vontade e disposição

Para o economista Andrés Ramires, é preciso estar disposto a auxiliar os colegas, mesmo que, por vezes, o ambiente não colabore. “Se a pessoa não tem facilidade de trabalhar em equipe mesmo depois de ter tentado muito, tem que se esforçar ainda mais para aprender com a sua experiência e a dos outros. Afinal de contas, todo mundo pode pensar no grupo, basta querer aprender e estar disposto a isso”, afirma.

Saber ouvir

Saber ouvir é uma atitude essencial para quem quer ter uma equipe unida. “E isso serve tanto para o funcionário como para o gestor. É preciso que tanto as pessoas mais experientes quanto as menos aprendam a escutar. Ou seja, ouvir visões profissionais distintas, sem julgá-las, é essencial. E as boas propostas devem ser apoiadas”, observa o consultor empresarial Ahlex Van der All.

Respeito e humildade

Todos, sem exceção, devem ajudar, mas sem desrespeitar a função do outro. “É claro que é importante ajudar, mas é preciso saber qual é o limite entre o auxílio e a invasão. Essas ações devem ser estimuladas com inteligência pelo gestor, que tem a oportunidade de dirigir o trabalho para que os funcionários aprendam aspectos básicos da rotina dos colegas sempre de forma harmoniosa. Assim, há maior interação e isso ajuda a criar um ambiente de mais respeito entre os funcionários”, orienta o economista Andrés Ramires.

Espírito propositivo

Ter um espírito propositivo significa ser alguém proativo. “Inovação é uma qualidade sempre apreciada pelos gestores, por ser um fator preponderante para o crescimento das organizações. Todos os profissionais antenados sabem que é fundamental desenvolver suas competências para o desenvolvimento de suas carreiras, portanto o mercado de trabalho tende a absorver pessoas que aprenderam ou que estejam dispostas a trabalhar em equipe”, ressalta Noemi.

Mais fortes

O esforço para auxiliar o time deve permear todo o ambiente. Andrés lembra que, em 1994, quando era oficial de campo do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), na área de Benaco, na Tanzânia – na época o maior campo de refugiados do mundo que dava abrigo a quase 300 mil refugiados que tinham fugido do genocídio de Ruanda –, passou por uma situação que o marcou no quesito união. “Tinha que me reunir todos os dias com os líderes dos refugiados. Eles tinham muitas perguntas sobre diversos assuntos de sua vida no campo e eu tinha que ter todas as respostas. Então, precisava agir em conjunto com os responsáveis de todas as áreas de trabalho no campo para responder corretamente às colocações. Resolvi convidar também os especialistas dos temas para que informassem aos refugiados”, revela.

Esse é apenas um dos muitos exemplos de como a união é importante. Até em atividades consideradas individuais é preciso esforço e reconhecimento do coletivo. Um tenista profissional, por exemplo, precisa trabalhar com apoio de treinadores, preparadores físicos e outros. Na hora do jogo, ele está na quadra e realiza, de fato, um trabalho individual, mas o resultado da competição é consequência do esforço dele somado ao de todos os profissionais que ficaram nos bastidores.

Quando há união, não há dificuldade que não seja superada nem objetivos que não sejam alcançados. Saber pensar no desenvolvimento de toda a equipe é uma das principais qualidades que o mercado de trabalho busca atualmente.

Fatores fundamentais para o sucesso

Existem diversas pesquisas sobre esse tema elaboradas pelas melhores universidades do mundo. Uma delas é a do pesquisador David Deming, professor de políticas públicas, educação e economia na Universidade Harvard e autor de um estudo chamado A crescente importância de habilidades sociais no mercado de trabalho. Nessa avaliação, ele prova, com dados coletados em mais de 20 anos de pesquisas, que pessoas com habilidades de relacionamento ganham maiores salários e são muito mais desejadas no mundo corporativo.Ou seja, saber trabalhar em grupo e estabelecer bom relacionamento são fatores fundamentais para o sucesso.

Quer aprender a enfrentar as dificuldades do
mercado de trabalho e se tornar uma pessoa vencedora? Então, não perca o
Congresso Para o Sucesso, que
acontece às segundas-feiras, no Templo de Salomão. Para encontrar uma Universal
mais próxima de você, acesse
www.universal.org/enderecos.

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas
para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center,
clicando
aqui
.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Saiba do que as empresas precisam

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games