Vai faltar pano “pra” manga

Quem achou que as camisas ficariam para escanteio no verão, deve se preparar para ver o item bater cartão (e fazer bonito) no look do dia a dia



Por Por Flávia Francellino / Fotos: AFP

O sol brilhava forte no clima de verão de Nova York e, ao mesmo tempo, uma luz diferente emergia no cenário fashion. Foi o suficiente para dar a largada para as semanas de moda de Londres, Milão e Paris e ver explodir uma peça especial no street style mundo afora – era setembro de 2016. De lá para cá, as camisas, que até então detinham uma modesta fama, passaram a assumir um papel fundamental para deixar qualquer visual atual.

Quer uma prova maior? Basta folhear revistas especializadas, xeretar blogs de moda e dar uma passada de olho nas vitrines para ver as variações que a camisa feminina ganhou. Volumes nos punhos, babados, laços, amarrações, franzidos, detalhes vitorianos, tamanho oversized, shapes alongados, recortes estratégicos e assimetria dão os novos contornos e versatilidade às peças. Então, já sabe: é só usar um pouco de criatividade para que ela ganhe padrões inusitados – embora não seja preciso muito para que caiam nas graças do público feminino.

Tida como aparentemente básica, a camisa branca, por exemplo, foi adotada tanto pela atriz norte-americana Audrey Hepburn como pela estilista francesa Coco Chanel. Atualmente, quem não a abandona é a estilista Carolina Herrera. A venezuelana radicada nos Estados Unidos coloca o item sob holofotes em sua grife, já que entende que ele transita muito bem do workwear (roupas de trabalho) para as ocasiões formais.

Outras marcas também lhe deram atenção especial, a exemplo do que fizeram nas últimas temporadas alguns designers franceses, como Altuzarra e Simon Porte Jacquemus, que maximizou a camisaria desconstruída. Em contrapartida, a britânica Victoria Beckham, mais pé no chão e comedida, deu tons açucarados e optou por tecidos leves. No entanto, não tirou a personalidade da boa e velha camisa, que figurou em coleção exibida recentemente, e trouxe ingredientes que tornaram a peça acertada até para composições em dias de temperaturas mais elevadas.

Um verão sim e outro também

O fato é que o item cai bem em todas as estações. No verão, por exemplo, a dica é evitar tecidos sintéticos e dar sinal verde aos naturais, como algodão e linho, uma vez que eles permitem que a pele respire. E nem só de arregaçar e dobrar as mangas se faz um verão, já que há modelos com mangas curtas.

Outra alternativa é utilizar a peça com maxicoletes ou com camisetas cropped, combinação certeira para garantir aquele toque jovial e cool. O resultado é o mesmo quando a camisa é usada embaixo de vestidos, com regatas e até com macacão.

Quer sair da mesmice? As mais ousadas podem alternar a peça entre a calça flare ou reta e a amada (ou temida) calça pantacourt. Ou ousar e combinar a peça com outras que remetam à vibe esportiva. As calças com listras grossas nas laterais podem ser uma opção. Vale lembrar que os blocos de cores (color blocking) estão aos poucos voltando novamente.

Já para os pés, o truque de styling pode ser substituir os scarpins por tênis, mules, flatforms (sapatos de solado reto) ou ainda por mocassim – principalmente se quiser romper a seriedade ou o romantismo do look.

Parece que agora a palavra de ordem é se divertir com a moda e com as camisas. Seja com abotoações diferentes, seja vestindo a camisa branca de sempre com o clássico terninho, mas apostando em um tênis para “quebrar o look” – como diriam as fashionistas. O fato é que, a cada dia que passa, mais combinações são permitidas. Mas vale usar a criatividade aliada ao bom senso.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vai faltar pano “pra” manga

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games